segunda-feira, 23 de março de 2009

Cientista britânico prevê "catástrofe" mundial em 2030 com o aumento da população.


Image via Wikipedia

Cientista britânico prevê 'catástrofe' mundial em 2030 com aumento da população

O aumento da população mundial e das demandas por água, energia e alimentos poderão provocar uma "catástrofe" em 2030, segundo previsões do principal conselheiro científico do governo britânico.

John Beddington descreveu a situação como uma "tempestade perfeita", termo usado quando uma combinação de fatores torna uma tempestade que, por si só, não teria tanto efeito, em algo muito mais poderoso. A analogia também é usada para descrever crises econômicas.

Segundo Beddington, com a população mundial estimada em 8,3 bilhões de pessoas em 2030, a demanda por alimentos e energia deve aumentar em 50%, e por água potável deve aumentar em 30%.

As mudanças climáticas devem piorar ainda mais a situação, vai advertir o cientista nesta quinta-feira, na conferência Desenvolvimento Sustentável RU 09, em Londres.

Nota: O problema da água ou da falta de água, alimentos e energia no mundo sempre existiu, é quase tão antigo quanto as civilizações.

Há as características ambientais como no sertão do nordeste brasileiro, mas há também o mau uso dos recursos hídricos, principalmente nas cidades, que contribuem para o agravamento do fornecimento do precioso líquido para as populações humanas. Há também grande desperdício de alimentos, tanto em países pobres como nos ricos, mas há também uma má distribuição de alimentos mesmo em países considerados pobres.

O aumento da população exige das autoridades um planejamento maior para atender a demanda e permitir o uso racional da água, melhorar a produção e distribuição de alimentos e incentivar o uso de formas alternativas de energia.

Dizer que problema é unicamente devido ao aumento da população e parar por aí é simplificar demais o problema, para poder implementar uma solução também simplificada, que é o controle populacional.

fonte bbc brasil


Nenhum comentário:

As 4 fases do Projeto Blue Beam