terça-feira, 16 de junho de 2009

JAPAO CHIP-NO DOCUMENTO DO ESTRANGEIRO

A cada dia avança o uso da tecnologia com fins invasivos de privacidade e coleta de dados pessoais para vigilância e controle da vida das pessoas.
A voracidade de saber, controlar, dirigir, e invadir a privacidade dos cidadãos não tem limites, e a tecnologia a cada dia mostra-se mais apta e eficaz para essas funções.

Nenhum comentário:

A religião ambientalista vista por um professor de filosofia

Cultos extravagantes na Rio+20: o que tem a ver ambientalismo com religião? Com frequência neste blog temos focalizado a existê...