sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

A Religião do Clima e a cúpula da ONU em Copenhague:"O meio ambiente deveria competir com a religião, de modo que pudéssemos moldar povos e países

Mensaje a los Medios de Comunicación del Presi...Image by Gobierno Federal via Flickr

A Religião do Clima e a cúpula da ONU em Copenhague: "O meio ambiente deveria competir com a religião, de modo que pudéssemos moldar povos e países.

Por Anders
Euro-med.dk, 04/12/2009

Sumário: O programa ambiental da ONU (UNEP, em inglês) é muito ambicioso. Ele quer que o movimento ambientalista esteja rivalizando com a religião para estabelecer nossos padrões e valores. Um documento até agora secreto mostra que o UNEP controlará os governos em questões climáticas para incluir todas as condições sociais, e explorar os governos por dinheiro. O UNEP está engajado em um enorme trabalho missionário, começando com o verde - e fazendo lavagem cerebral nas crianças através de 30.000 organizações mundo afora - usando os mesmos métodos que o Futerra do governo britânico. Em uma reunião em Paris entre 4 e 5 de setembro, o UNEP fez o compromisso de a mídia fazer a propaganda ambientalista até a conferência de Copenhague e além, enquanto todo o aparato da ONU está mobilizado em uma campanha sem precedentes de mentiras do clima para um acordo político em Copenhague.

Estão incluídas as curvas do relatório de Lord Monkton sobre o escândalo do Climategate. Elas demonstram que enquanto os próprios números do Sistema de Informação Geográfica da NASA em 1999 mostravam um resfriamento global, que continua até os dias atuais, James Hansen do Sistema de Informação Geográfica projetava isso como aquecimento global. Essa é a verdadeira mudança climática antropogênica!

O movimento climático inteiro é uma religião adorando a "Mãe Terra viva", a Gaia dos antigos gregos, com um arco de esperança, o pacto com equipamentos rituais, pregadores da Terra, fórmulas mágicas, e hinos a Gaia. A Carta da Terra é chamada os "10 mandamentos de nosso tempo" pelo Moisés de nosso tempo, Michael Gorbachev, e transgressão aos 10 mandamentos é pecado, para o qual nossos incríveis políticos compram indulgências para nosso dinheiro nos países mais pobres da terra para um não existente débito de CO2! Há altos sacerdotes corruptos que tem feito da ameaça do dia do juízo final seu culto. E há um mundo inteiro que segue cegamente e adora esse monstro vermelho pintado de verde (apoc. 13)

O Natal está se aproximando, tempo de reflexão para os cristãos. E esse ano para os adoradores de Gaia/Lúcifer da religião do clima da Nova Era, também, fortemente associados com a agenda 21 da ONU. Enquanto Al Gore é o pregador irrefletido dessa religião, há profetas escondidos como o Clube de Roma, e Edmund de Rothschild, Michael Gobachev da Cruz Verde, Steve Rockefeller e Maurice Strong, os últimos três autores da Carta da Terra. Mas estes caras espertos transferiram a lucrativa religião do clima deles para a satanista ONU. De forma geral 91% dos autores da coordenação do Relatório da Quarta Avaliação do IPCC eram cientistas do Programa de Pesquisa Mundial do Clima, e, portanto, tinham o apoio da UNESCO por trás deles. Um ramo da ONU é o Programa Ambiental da ONU (UNEP). Ele foi estabelecido em 1972 e tem uma estratégia de 2010 a 2013 para uma lavagem verde e lavagem cerebral no mundo sob a cobertura da religião do clima. Wikipédia: O mandato do UNEP é para coordenar o desenvolvimento do consenso da política ambiental pela manutenção do meio ambiente global sob revisão e trazer as questões emergentes à atenção dos governos e da comunidade internacional para ação. O Conselho Governante é o principal desenvolvedor das normas políticas para os programas ambientais e desempenha o papel diplomático em promover a cooperação entre os estados membros da ONU sobre questões de meio ambiente.

Um documento secreto emergiu: O relatório de Mark Halle, "O UNEP Que Nós Queremos", da reunião do UNEP em 17 de setembro de 2007: "O meio ambiente deveria competir com a religião como a única narrativa baseada em valores obrigatória disponível para a humanidade. Já está acontecendo no campo da mudança climática." Uma corte de justiça Britânica declara: "O Verde é uma religião!

“Efetivamente, o ambientalismo é uma religião, uma adoração de Gaia, vide a hipótese de Gaia de James Lovelock:” “Pode ser que um papel que nós desempenhamos é como os sentidos e o sistema nervoso de Gaia. A terra é um sistema vivo e somos parte dele". O Independente de 16/01/2006:"Minha teoria de Gaia vê a Terra se comportando como se estivesse viva. Nós demos uma febre a Gaia e em breve sua condição piorará para um estado como o de coma." A "sagrada" Arca da Esperança contém as orações da Terra, o véu da oração da Terra, e a Carta da Terra, os 10 mandamentos de nosso tempo, como o Moisés de nossos dias, Michael Gorbachev diz. A Arca simboliza a Arca do Pacto de Gaia. Como em muitas religiões, jejum e abstinência de carne estão sendo pregados. Há autonomeados, oniscientes, fundamentalistas fraudulentos como Sumo Sacerdotes para Gaia - como James Hansen - vendo os políticos como hereges comprando indulgências nos países mais pobres para um imaginário débito de CO2. Mesmo se Hansen foi pego três vezes em flagrante adulterando as temperaturas, ele agora está indignado com o escândalo do climategate! Na religião do clima é preciso mentir - mas é inadmissível ser exposto sob quaisquer circunstâncias. É por isso que eles compraram a mídia. O elemento central do culto é a ameaça do dia do julgamento. Eles têm hinos para Gaia e orações para Gaia: “... Sagrada deusa, a senhora nos honra com o seu sempre abundante espírito. Adeus mãe dos deuses, noiva do paraíso..."

A Conferência de Mudança Climática da ONU em Copenhague começará em menos de uma semana (já está em andamento). A ONU está altamente agressiva: Uma recente inspeção no site oficial Seal the Deal Web mostrou que 417.721 pessoas até 21 de dezembro tinham assinado a petição para fazer esse acordo. O homem por trás desse acordo é Janos Pasztor, conselheiro climático de Ban Ki-moon. Pasztor é o recentemente nomeado Diretor do Grupo de Gerenciamento de Meio Ambiente da ONU (EMG), cujo secretariado é estipulado pelo Programa de Meio Ambiente da ONU (UNEP) em Genebra. Felizmente o prospecto do "Fechamento do Acordo" é ruim, muitos paises estando indesejosos de pagar as vorazes LDC's de 700 bilhões de dólares que eles estão exigindo. Até mesmo o pagamento de 100 bilhões de dólares oferecidos pela União Europeia tem dividido os países. O escândalo do climategate pode ter diminuído a confiança dos contribuintes na fraude do clima. Por outro lado a política do clima é uma fraude intencional baseada em uma mentira proposital. Mas o atual prospecto mínimo do resultado é uma grande frustração do manda-chuva da ONU, Ban Ki-moon que está continuamente fazendo lobby para os países ricos fazerem um acordo comunista para enviar cada vez mais de suas riquezas para os povos do mundo que nada produzem a não ser mais crianças. É claro que sob a capa do "débito de CO2" que devemos aos países pobres que não produzem absolutamente nada do danoso CO2.

Fox News, 19/11/2009: Um intenso trabalho de lobby dirigido pelo Secretário Geral da ONU Ban Ki-moon em favor do tratado ainda está prosseguindo a todo vapor adiante, sob o slogan da campanha "Sele o Acordo! Crescimento do poder verde. Proteja o planeta" - um grande esforço para a manipulação da opinião pública internacional.

Desde 2001 o combinado RSS (sistema de sensores remotos em Santa Rosa e UTAH (Universidade de Alabama Huntington) de temperaturas mostra um claro resfriamento global - convertido pelo IPCC em aquecimento global. Relatório de Lord Monkton.

A ONU fisga crianças a fim de ter os pais delas em suas redes.

The New York Post, 30/11/2009: As crianças foram os alvos de um livro co-escrito pelo pela produtora do veículo fabricador da estrela de Al Gore, "Uma Verdade Inconveniente" com pelo menos 11 pesados erros de acordo com a corte britânica. A produtora Laurie David disse ao editor do Weekly que ela escreveu o livro de criança, "Down-to-Earth Guide to Global Warming," porque "Crianças também são a influência número 1 para os pais delas, então se você quer alcançar os pais, vá até as crianças." Então: Minha filha voltou da escola recentemente com uma canção em seus lábios. Lá de fora vinha esse refrão assustador: "...Você pode ouvir o aquecimento - Aquecimento Global..." Nós aprendemos que: A) Todas as crianças têm sido forçadas a cantar "A Canção do Aquecimento," em um show para os pais. B) Além do mais a letra da música censura os adultos egoístas por poluírem nosso planeta e causar o martírio do aquecimento que mataria, em pouco tempo, todos os ursos polares e ameaçaria os pássaros e as abelhas. O UNEP tem um enorme programa para converter crianças - com cerca de 30.000 organizações ao redor do mundo.

Por quê? As ambições do UNEP, sente que está sendo negligenciado, consegue financiamentos tão pequenos e quer estabelecer a política da ONU sobre o clima e a sociedade. Aqui estão os meios: O UNEP tem um largo eleitorado natural e esse eleitorado precisa ser atrelado a missão do UNEP sem parecer fazer avanço ao redor dos governos membros. Isso inclui descobrir o jeito certo de interagir com, e tirar o melhor de, universidades e comunidades de estudantes, e dos think tanks. Ele deve fazer um hábito de desafiar comportamentos e práticas insustentáveis, onde quer que sejam encontradas, essas iniciativas também representam um meio de alcançar os diretores executivos das corporações. O UNEP alcançará governos, outras entidades das Nações Unidas, instituições internacionais, secretarias de acordos ambientais multilaterais, a sociedade civil.

Comentário: Assim, a missão do UNEP é contornar os governos promovendo seu subversivo trabalho revolucionário.

O ambicioso documento, intitulado "O UNEP Que Nós Queremos", de Mark Halle, foi o produto de um seleto grupo de 20 principais burocratas ambientalistas e pensadores, incluindo a atual funcionária número dois do UNEP, Angela Cropper. O documento foi mais tarde entregue ao Diretor Executivo do UNEP Achim Steiner. Outro participante incluido Janos Pasztor. Um outro importante assistente foi John Scanlon, listado no website do UNEP como o principal conselheiro de Steiner no UNEP. Entre outras coisas, é creditado a Scanlon em sua biografia como ser o líder em desenvolver a nova estratégia de médio prazo do UNEP, "Meio Ambiente para o Desenvolvimento," cobrindo o período de 2010 a 2013.

Essas ideias estão sendo defendidas em um tempo altamente carregado. Ambos os ambientalistas e as Nações Unidas inteira, liderados pelo Secretário Geral Ban Ki-moon, estão pressionando intensamente os governos ao redor do mundo para assinarem um sucessor legalmente obrigatório e mais global para o Protocolo de Kyoto na supressão dos gases do efeito estufa, o qual expira em 2012. Até o momento, esse acordo parece provável de ser adiado, pelo menos até a próxima primavera, enquanto alguns países ricos, incluindo os Estados Unidos, hesitam pelo alto custo e potencialmente incapacitante impacto econômico dos objetivos para reduzir as emissões de carbono na atmosfera da terra, ainda que o presidente Barack Obama apóie um ambicioso acordo em Copenhague.

Entre outras coisas, ambas documentadas (inclusive o documento 2010-2013) argumentam por:

1. uma "nova e central posição para o ambientalismo no pensamento do mundo," o meio ambiente se movendo de ser frequentemente considerado uma questão marginal nos níveis intergovernamental e nacional para o centro da tomada de decisão política e econômica," diz o plano de médio prazo.
Diretor Executivo do UNEP, Achim Steiner

2. unir questões ambientais com econômicas como prioridade central. "Nós necessitamos de um Bretton Woods ambiental para o século 21," as ligações entre sustentabilidade ambiental e a economia.

2. novas regras ambientais, regulamentos e padrões, com uma autoridade mais forte para comandar os governos nacionais. O documento Mark Halle chama isso uma série de "ajustamentos incrementais, todavia ambiciosos" para a governança ambiental internacional.

4. um extensivo papel de divulgação pela UNEP para "crianças e jovens".

5. alcançar setores mais poderosos dos governos bem como dos negócios.

6. apelar para os mais poderosos (dos governos) ministros responsáveis pela política econômica; a mensagem do UNEP não é para os ministros do meio ambiente - já convertidos...Devem mirar mais alto."

7. procurar influenciar como o árbitro condutor do mundo de uma nova dimensão do desenvolvimento humano.

De acordo com Halle, contudo, numa troca de e-mail com a Fox News, há sinais de que o grandemente ambicioso papel que ele e seus camaradas intelectuais rascunharam para o UNEP como o principal competidor da religião está "começando a acontecer." Halle apontou o engajamento este ano da assim chamada Iniciativa da Economia Verde, uma proposta para redesenhar radicalmente a economia global e transferir trilhões de dólares em investimentos para os países em desenvolvimento mais pobres do mundo, mas um que está formulado em termos de novos empregos verdes.

A Iniciativa da Economia Verde é também chamada de Novo Acordo Global Verde. O fato de que o Painel Intergovernamental sobre Mudança Climática (IPCC) é ocasionalmente associado com o UNEP é um escândalo e uma tragédia. Comentário: Realmente notável, desde que o IPCC foi estabelecido pelo UNEP em 1988.

Fox News, 19/11/2009: Manipulação da mídia
Uma outra parte chave da tragédia é atrair os noticiários da mídia internacional muito mais profundamente para dentro da causa. Caso em questão: uma reunião em Paris de 4 a 5 de setembro, organizada pelo Conselho Econômico e Social das Nações Unidas (ECOSOC) e intitulado "Primeira Conferência Internacional sobre Mídia e Mudança Climática."

Quase 300 pessoas representando mais de 100 organizações de radiodifusão e sindicatos de radiodifusão compareceram ao encontro. No final da reunião, e com Copenhague a apenas três semanas a frente, o grupo emitiu uma declaração falando que "uma dedicada colaboração entre a mídia de radiodifusão para compartilhar e disseminar informações sobre mudança climática que incorpore tanto a perspectiva global como a local encorajaria indivíduos e fazedores de políticas a se responsabilizarem por ações oportunas." "Provavelmente a maior parte do mundo não lê o noticiário de jeito nenhum. Eles não procuram mudanças no noticiário para obter suas informações ou para mudar seu comportamento. Se a mudança climática é sobre mudança comportamental, no final das contas o que eu acredito que é, portanto de uma perspectiva da mídia você deve, você tem de olhar de um jeito que não é apenas sobre notícias. É sobre criar uma imaginação, e uma visão, do que uma mudança climática mundial - ou uma mudança climática mundial evitada com sucesso - parecerá. Isso virá através de filmes, isso virá através de novelas, isso virá através de reality shows de televisão, isso virá através de romance." Eric Hall - chefe de relações públicas das Nações Unidas. Comentário: Isto é, usando psicologia aplicada para converter a humanidade para a religião do clima é - estratégia da Futerra!

Al Gore e o Climategate? Bem, ele tem guarda costas para remover qualquer um fazendo perguntas inconvenientes - pelo menos 4 pessoas. E então ele se apressa para o seu mercedes sedento de gasolina!

Temos visto como os principais fornecedores de temperaturas para o IPCC, umas atuais (James Hansen, Sistema de Informação Geográfica) e projeções futuras (Unidade de Pesquisa Climática, Universidade de East Anglia), foram expostos como fraudadores. Ou seja, o ganhador do prêmio Nobel, o IPCC, recebeu este prêmio em cima de uma grande mentira. Da mesma forma Al Gore, é claro. E isso significa que a Conferência do Clima de Copenhague é uma farsa científica. Mas como mostrado acima isso é indiferente. Essa conferência não é sobre clima - porque eles sabem muito bem que não há crise climática. É sobre governo mundial, como Lord Monckton de Brenchley diz. O documento suíço acima não é surpresa, considerando as simpatias comunistas expressas por Ban Ki-moon. Isso é parte da comunista agenda 21 como anteriormente descrita neste blog.

Marque o que Mark Halle escreve: O UNEP vai procurar influenciar como o árbitro guia do mundo de uma nova medida de desenvolvimento humano. Esses canalhas tomaram o papel de brincar de Deus - ou melhor, do Diabo - achando que eles podem fazer sua miserável mentirosa ideologia climática o equivalente do Cristianismo. Eles pensam que estão designados a contornar os governos e fazerem-se árbitros de nosso desenvolvimento! Isto é realmente luciferiano: Ou seja, deificação humana.

Mas por que apenas o clima como a ferramenta deles? Aqui é como a Criatura da Ilha de Jekyll por G. Edward Griffin, appleton, Wisconsin: American Opinion Publishing, Inc., 1994:"Pode agora ser possível criar um Governo Mundial no qual todas as nações serão desarmadas e disciplinadas por um Exército Mundial, uma condição na qual chamaremos de paz." Neste caso, o que poderia ser um substituto para guerra? Uma fonte está no estudo secreto do Hudson Institute de 1966 comissionado pelo Secretário de Defesa Robert McNamara (depois chefe do Banco Mundial), intitulado Relatório da Montanha de Ferro. Este estudo analise friamente vários meios pelos quais o governo poderia controlar o populacho e perpetuar- se no poder na ausência da guerra (paz da ONU).

Aqui, Griffin explica, está a origem do estratagema para promover o apocalipse ecológico como o novo inimigo que ameaça o mundo inteiro. A ameaça precisa ser real, apresentado as massas que podem ser convencidas de que é verdadeiro. Credibilidade é a chave, não a realidade. A barragem de propaganda tem tido um resultado fenomenal. Políticos estão agora sendo eleitos com nada a não ser "preocupação pelo meio ambiente e uma promessa de sujeitar as indústrias sujas," com ninguém se preocupando sobre os danos feitos a economia ou nossas liberdades. No mesmo espírito Alexander King, do Clube de Roma, primeira Revolução Global: "Na procura por um novo inimigo para nos unir, nós surgimos com a ideia de que a poluição, a ameaça do aquecimento global, escassez de água, fome e coisas semelhantes servia bem... O verdadeiro inimigo, então, é a própria humanidade." Ou seja, a mentira climática é pura ideologia da Nova Ordem Mundial.

Fonte: http://euro-med.dk/?p=12116

Tradução e adaptação: O Observador







Reblog this post [with Zemanta]

Nenhum comentário:

Controle total do sistema : cientistas criam o chip-órgão que pode emular o corpo;

 “No futuro, você será um microchip – O “xeque-mate” contra a humanidade! By  Bruno Asher ,  www.apocalipsenews.com Setembro 14º, 201 7...