sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

A EFF revela como sua impressão digital torna você fácil de rastrear.

SYDNEY, AUSTRALIA - NOVEMBER 09:  Former Olymp...Image by Getty Images via Daylife

A EFF revela como sua impressão digital torna você fácil de rastrear.

Pensa que desligar os cookies e ligar a navegação privativa faz você invisível na web? Pense novamente.

A Electronic Frontier Foundation (EFF) lançou uma nova app da web apelidada de Panopticlick que revela simplesmente quão assustadoramente fácil é identificar você no meio de milhões de outros usuários da web.

O problema é sua impressão digital. Sempre que você visita um site seu navegador e qualquer plug-in que você tenha instalado podem vazar dados. Alguns não são tão pessoais, como a sequência de símbolos de sua interface. Outros são mais pessoalmente reveladores, como quais fontes você tem instaladas. Mas se tudo for posto junto? O resultado faria você identificável?

Como a EFF diz, "essas informações podem criar um tipo de impressão digital - uma assinatura que poderia ser usada para identificar você e seu computador."

O conjunto de teste ressalta o que a maioria de nós provavelmente já suspeitava - somos facilmente identificáveis na web. Fizemos o teste em um Mac usando o Firefox, Safári e Google Chome, todos vazaram dados suficientes para nos fazer identificáveis de acordo com os esclarecimentos de privacidade da EFF.

O propósito do Panopticlick é mostrar a você quanto você tem em comum com outros navegadores. Quanto mais sua configuração espelha a de outras pessoas, mais difícil seria identificar você. A ironia é que quanto mais nerd você for - usando um sistema operacional incomum, um navegador menos comum, customizar seu navegador com plug-ins e outros hábitos de usuários radicais - mais identificável você é.

Por exemplo, digamos que esteja usando o Firefox no Ubuntu com o Gnash plug-in em vez de flash, mas você também está se tornando visível com uma configuração única do navegador, sistema operacional, fontes instaladas, plug-ins e mais que pode ser combinado para identificar você através de uma impressão digital online única.

Então o que nós podemos fazer para ficarmos menos identificáveis? Bem, desabilitando cookies, o plug-in flash, o plug-in Java e a maioria de nossas extensões para sermos capazes de nos misturar melhor. Realmente, o fato de que não tínhamos Java ou flash ligados nos tornou mais identificáveis nestas categorias, mas também impediu que o nosso teste acessasse nossas fontes instaladas e outros pedaços de dados, assim no geral, menos identificável.

Obviamente essa abordagem tem um aspecto negativo - sem flash não há muito que fazer com vídeos online, uma falta de cookies causará problemas com logins, e sem Java, você não será capaz de interromper seu navegador ou causará que ele fique travado por horas.

Resumindo, o método de desabilitar não é muito divertido. Estranho como possa parecer, a melhor maneira de perder a impressão digital online única é se misturar com o rebanho. Como a EFF salienta, os navegadores móveis são mais difíceis de identificar desde que haja poucas opções de customização e, para a maioria, uma versão do Safári Móvel parece igualzinho a qualquer outro.

Do mesmo jeito, se você quer se misturar permaneça com o mesmo estoque de fontes do sistema, rode o Windows XP, use o Firefox sem nenhum complemento e desligue os cookies. Você se tornará mais difícil de ser identificado.

Devemos salientar que, não importa quão bem você se camufle no teste de impressão digital, você ainda será identificável pelo seu ISP (provedor de serviços de internet). Anunciantes e websites geralmente não podem acessar as informações que o seu ISP tem sobre você, mas é claro que os governos - com a cooperação de seu provedor de internet - sempre podem. Então não pense que apenas porque você eliminou suas impressões digitais ninguém sabe quem você é.

Fonte: www.webmonkey.com

Nota: Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come.


Reblog this post [with Zemanta]

Nenhum comentário:

Controle total do sistema : cientistas criam o chip-órgão que pode emular o corpo;

 “No futuro, você será um microchip – O “xeque-mate” contra a humanidade! By  Bruno Asher ,  www.apocalipsenews.com Setembro 14º, 201 7...