Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2011

Mudança climática: Observe, o evangelho de acordo com a ONU

Mudança Climática: Observe, o evangelho de acordo com a ONU

A igreja metodista está adotando o relatório do IPCC sobre o aquecimento global como escrito sagrado, acha Christopher Booker.

Por Christopher Booker

Qualquer um que tenha observado o jeito que a crença no aquecimento global produzido pelo homem tem se tornado para muitos uma nova religião poderia estar intrigado por um longo documento publicado pela igreja metodista, na esperança de que no próximo ano se tornará a política oficial metodista.

Intitulado Nossa Esperança no Futuro de Deus, ele inicia proclamando que "a atividade teológica é refletir sobre as modernas explicações científicas de ameaças postas pela mudança climática no contexto de afirmar o Deus triúno como criador e redentor do universo". "O que é requerido do povo de Deus," continua, "é arrependimento." O primeiro passo deve ser "confessar nossa cumplicidade nas estruturas pecaminosas que têm causado o problema".

O docume…

Colapso do Euro começou, diz George Soros- Webster Tarpley comenta

AfrikaansAlbanianArabicBelarusianBulgarianCatalanChineseCroatianCzechDanishDetect languageDutchEnglishEstonianFilipinoFinnishFrenchGalicianGermanGreekHaitian Creole ALPHAHebrewHindiHungarianIcelandicIndonesianIrishItalianJapaneseKoreanLatvianLithuanianMacedonianMalayMalteseNorwegianPersianPolishPortugueseRomanianRussianSerbianSlovakSlovenianSpanishSwahiliSwedishThaiTurkishUkrainianVietnameseWelshYiddish⇄AfrikaansAlbanianArabicBelarusianBulgarianCatalanChineseCroatianCzechDanishDutchEnglishEstonianFilipinoFinnishFrenchGalicianGermanGreekHaitian Creole ALPHAHebrewHindiHungarianIcelandicIndonesianIrishItalianJapaneseKoreanLatvianLithuanianMacedonianMalayMalteseNorwegianPersianPolishPortugueseRomanianRussianSerbianSlovakSlovenianSpanishSwahiliSwedishThaiTurkishUkrainianVietnameseWelshYiddishDetect language » Portuguese
Verde: a nova cor do comunismo: FAO promove comer insetos nauseabundos para “salvar o planeta”


FAO promove comer insetos nauseabundos para “salvar o planeta”


Escorpiões na China


O professor Arnold van Huis, da Universidade Wageningen, Holanda, e seu colega Dennis Oonincx, promovem a idéia de comer insetos para salvar o planeta, no contexto de um plano promovido pela FAO.

Quiche de minhoca ou larva de besouro, rolinho primavera de grilo e outros pratos feitos com insetos nauseabundos estão no cerne de uma “dieta saudável, barata e ecológica”, cujo estudo foi encomendado pelo órgão da ONU contra a fome.

Para o ativista holandês uma das grandes vantagens dessa sub-alimentaçao é que “ajuda a reduzir o aquecimento global”, noticiou “El Mercurio”, de Santiago de Chile. Desde já, esta fórmula talismânica garantiu notoriedade midiática ao promotor.

O professor de entomologia tropical somou-se a cruzada para “mudar os hábitos tradicionais de alimentação e introduzir os insetos na dieta ocident…

Wall Street: Falência Global - Ponto de Mudança pra Nova Ordem Mundial -...

AfrikaansAlbanianArabicBelarusianBulgarianCatalanChineseCroatianCzechDanishDetect languageDutchEnglishEstonianFilipinoFinnishFrenchGalicianGermanGreekHaitian Creole ALPHAHebrewHindiHungarianIcelandicIndonesianIrishItalianJapaneseKoreanLatvianLithuanianMacedonianMalayMalteseNorwegianPersianPolishPortugueseRomanianRussianSerbianSlovakSlovenianSpanishSwahiliSwedishThaiTurkishUkrainianVietnameseWelshYiddish⇄AfrikaansAlbanianArabicBelarusianBulgarianCatalanChineseCroatianCzechDanishDutchEnglishEstonianFilipinoFinnishFrenchGalicianGermanGreekHaitian Creole ALPHAHebrewHindiHungarianIcelandicIndonesianIrishItalianJapaneseKoreanLatvianLithuanianMacedonianMalayMalteseNorwegianPersianPolishPortugueseRomanianRussianSerbianSlovakSlovenianSpanishSwahiliSwedishThaiTurkishUkrainianVietnameseWelshYiddishDetect language » Portuguese

Wall Street: Falência Global - Ponto de Mudança pra Nova Ordem Mundial -...

AfrikaansAlbanianArabicBelarusianBulgarianCatalanChineseCroatianCzechDanishDetect languageDutchEnglishEstonianFilipinoFinnishFrenchGalicianGermanGreekHaitian Creole ALPHAHebrewHindiHungarianIcelandicIndonesianIrishItalianJapaneseKoreanLatvianLithuanianMacedonianMalayMalteseNorwegianPersianPolishPortugueseRomanianRussianSerbianSlovakSlovenianSpanishSwahiliSwedishThaiTurkishUkrainianVietnameseWelshYiddish⇄AfrikaansAlbanianArabicBelarusianBulgarianCatalanChineseCroatianCzechDanishDutchEnglishEstonianFilipinoFinnishFrenchGalicianGermanGreekHaitian Creole ALPHAHebrewHindiHungarianIcelandicIndonesianIrishItalianJapaneseKoreanLatvianLithuanianMacedonianMalayMalteseNorwegianPersianPolishPortugueseRomanianRussianSerbianSlovakSlovenianSpanishSwahiliSwedishThaiTurkishUkrainianVietnameseWelshYiddishDetect language » Portuguese

Polícia de Manhattan passa a usar sistema biométrico escaneando íris de presos

Polícia de Manhattan passa a usar sistema biométrico escaneando íris dos presos


Com verba de U$500 mil, polícia norte-americana usa alta tecnologia para evitar a fuga de presos.

Esta semana a polícia de Nova York começou a preencher o banco de dados que permitirá identificar foragidos com total precisão. Segundo dados do Departamento de Polícia de Nova York somente na ilha de Manhattan, 21 dispositivos já foram instalados e as previsões são de que nas próximas semanas o sistema passe a funcionar em outros bairros da cidade.

A tecnologia foi instituída após dois casos que ocorreram ao longo deste ano, quando prisioneiros considerados de alta periculosidade conseguiram enganar policiais nova iorquinos, se livrando da prisão.

Entretanto, o procedimento está gerando uma série de discussões por não fazer parte dos estatutos que regem as leis americanas. Especialistas afirmam ser um processo desnecessário e ilegal.

O departamento de polícia local ainda reforça que o sistema pode ser utiliz…

O Dia Depois do Colapso do Dólar - Rumo a Nova Ordem Mundial

AfrikaansAlbanianArabicBelarusianBulgarianCatalanChineseCroatianCzechDanishDetect languageDutchEnglishEstonianFilipinoFinnishFrenchGalicianGermanGreekHaitian Creole ALPHAHebrewHindiHungarianIcelandicIndonesianIrishItalianJapaneseKoreanLatvianLithuanianMacedonianMalayMalteseNorwegianPersianPolishPortugueseRomanianRussianSerbianSlovakSlovenianSpanishSwahiliSwedishThaiTurkishUkrainianVietnameseWelshYiddish⇄AfrikaansAlbanianArabicBelarusianBulgarianCatalanChineseCroatianCzechDanishDutchEnglishEstonianFilipinoFinnishFrenchGalicianGermanGreekHaitian Creole ALPHAHebrewHindiHungarianIcelandicIndonesianIrishItalianJapaneseKoreanLatvianLithuanianMacedonianMalayMalteseNorwegianPersianPolishPortugueseRomanianRussianSerbianSlovakSlovenianSpanishSwahiliSwedishThaiTurkishUkrainianVietnameseWelshYiddishDetect language » Portuguese

Um ano depois, a farsa se repete

Um ano depois, a farsa se repete

Bruno Pontes

Em dezembro de 2009, denunciei aqui neste espaço a manobra executada pelo capital internacional no sentido de ludibriar as massas e fazê-las duvidar do aquecimento global inequívoco, justamente no momento em que se promovia a Conferência do Clima em Copenhague, aquela que nos livraria da catástrofe iminente.

Vocês devem lembrar. Enquanto políticos, cientistas, estrelas do show business e outras personalidades de alto gabarito reuniam-se na capital dinamarquesa para discutir maneiras de salvar o planeta e a humanidade animal e vegetal que nele mora, os donos do capital espalharam neve por toda a Europa e também nos Estados Unidos, criando um falso cenário de inverno avassalador em dois continentes e acendendo a desconfiança do público quanto ao fim do mundo.

A tramóia não se resumiu ao uso de neve artificial. A imprensa conservadora, venal e golpista passou a trombetear que aquele dezembro era um dos mais frios da história européia. Foi …

"Hacktivistas" e "ciberguerreiros", os novos rostos do caos na internet

Image via Wikipedia"Hacktivistas" e "ciberguerreiros", os novos rostos do caos na Internet

France Presse

Paris - Com ataques do tipo Stuxnet ou o aparecimento do dossiê Wikileaks, a Internet viu, em 2010, emergir "hacktivistas" com motivações ideológicas ou políticas, não mais financeiras, junto com "ciberguerreiros" prontos a disseminar o caos, e cujas ações deverão se intensificar a partir daí.

Foi uma mudança radical o aparecimento desses "hacktivistas" (contração de "hacker" - pirata da informática - e "ativista", militante).

"Há dez anos, assistimos ao nascimento dos cibervândalos que penetravam nos sistemas de informação para jogar com o que encontrassem. Assistimos, hoje, à eclosão de novas ameaças sob a forma de ciberterrorismo", resumiu Eugene Kaspersky, presidente da sociedade de segurança em informática Kaspersky Lab, numa análise recente.

"Já não são mais rapazes brincando na garagem de ca…

Fique de olho: a internet das coisas é a próxima rede social

Fique de olho: a internet das coisas é a próxima rede social

Por: Ricardo Murer

Desde seu início, a internet é chamada de “rede mundial de computadores”. Felizmente, ela é bem mais do que computadores conectados. Com o estabelecimento das redes sociais, a internet começou a ser reconhecida como rede de “pessoas” conectadas.

Além dos PCs que estão plugados na rede e os celulares (perto de 1 bilhão), todos os anos novos objetos “entram na rede” por meio de tecnologias inovadoras, como RFID (Radio-frequency Identification), WI-FI e Bluetooth, que dão aos objetos a capacidade de se comunicar. Nos últimos anos, entretanto, objetos do nosso cotidiano começaram a receber camadas de informação (software) e sensores, permitindo que fossem além da simples transmissão de dados. Hoje, esses “objetos inteligentes” “sentem” e “reagem” ao ambiente de forma independente, sem que tenhamos que dar qualquer ordem ou comando. Estamos entrando na era da “Internet das Coisas”.

Conectados em rede

Segundo o …

Você agora respira estranhas substâncias.wmv

AfrikaansAlbanianArabicBelarusianBulgarianCatalanChineseCroatianCzechDanishDetect languageDutchEnglishEstonianFilipinoFinnishFrenchGalicianGermanGreekHaitian Creole ALPHAHebrewHindiHungarianIcelandicIndonesianIrishItalianJapaneseKoreanLatvianLithuanianMacedonianMalayMalteseNorwegianPersianPolishPortugueseRomanianRussianSerbianSlovakSlovenianSpanishSwahiliSwedishThaiTurkishUkrainianVietnameseWelshYiddish⇄AfrikaansAlbanianArabicBelarusianBulgarianCatalanChineseCroatianCzechDanishDutchEnglishEstonianFilipinoFinnishFrenchGalicianGermanGreekHaitian Creole ALPHAHebrewHindiHungarianIcelandicIndonesianIrishItalianJapaneseKoreanLatvianLithuanianMacedonianMalayMalteseNorwegianPersianPolishPortugueseRomanianRussianSerbianSlovakSlovenianSpanishSwahiliSwedishThaiTurkishUkrainianVietnameseWelshYiddishDetect language » Portuguese

Por que os animais estão morrendo? Pássaros e peixes dizimados em mortes misteriosas

Por que os animais estão morrendo? Pássaros e peixes dizimados em mortes misteriosas

Por Mike Adams

Editor de NaturalNews.com

(NaturalNews) - na última semana quase 100.000 peixes foram levados para as margens do rio Arkansas, mortos. Também em Arkansas, milhares de melros de asas vermelhas caíram do céu no chão onde também foram encontrados mortos. A cena se repetiu no Sul da Louisiana onde 500 melros de asa vermelha recentemente se precipitaram do céu, mortos na chegada, e em Chesapeake Bay, milhares de peixes mortos começaram a aparecer nas margens.

É comum começarmos a ficar preocupados quando os animais a nossa volta começam a morrer de repente e em grande número.

Até agora os cientistas estão considerando estas cenas como um fenômeno comum. Eles dizem que os peixes em Arkansas foram mortos por "doença" e descartam qualquer possibilidade de produtos químicos estarem envolvidos. Os melros de asa vermelha, depois das autópsias que foram realizadas ontem, pareciam ter sido…

A Sociedade de Vigilância: Negociando liberdade pela ilusão de segurança

A sociedade de vigilância: Negociando liberdade pela ilusão de segurança

Por Giordano Bruno

Publicado por Neithercorp Press

Governos, independentemente de suas estruturas políticas ou antecedentes históricos, têm sempre se esforçado não só para controlar informação, mas também coletá-la das pessoas por meio de operações secretas. Frequentemente, essa observação secreta dos cidadãos transforma-se em um estado de vigilância completamente aberto e de pleno direito. Os Estados Unidos em particular permanece em uma fronteira precária: a linha entre uma detestável invasão de privacidade e abraçar a invasão de privacidade como necessária para o "bem maior." Muitas pessoas supõem que tal estrutura é forçada as massas pela elite, que a força das armas é de algum modo requerida para fazê-las aceitar as condições de um estado policial, mas isso não é sempre assim. É muito difícil para os governos, a despeito de qualquer desenvolvimento tecnológico ou recursos que eles tenham, reforçar …