terça-feira, 25 de março de 2014

Direitos Humanos: uma mais elevada forma de discriminação


O termo "direitos humanos" é desdenhado porque significa dar preferência às pessoas e causas favorecidas pelos cabalistas
Adaptado de Henry Makow Ph.D.
Leis de "direitos humanos" são duplipensar orwelliano para dar "direitos" a algumas pessoas e tirar de outras.
Grosso modo, homossexuais, ateus e Judeus têm "direitos humanos" enquanto Cristãos e heterossexuais não.  As leis empoderam certas minorias no intuit de desarmar e deserdar a maioria.  Eles, os “direitos humanos”, não têm nada a ver com justiça; são uma ferramenta de coerção estatal.

Isso não é exagero.  Em países onde esses conceitos maçônicos de "direitos humanos" e "tolerância" eram dominantes (por exemplo, México e União Soviética), as escolas cristãs eram fechadas, igrejas incendiadas e padres assassinados.
Por causa das leis rascunhadas pelas elites alinhadas com os Rockefeller para minar a heterossexualidade e romper a família nuclear, esses elitistas não expressam qualquer desdém aos homossexuais.  Eles querem subverter a sociedade propulsionando a disfunção homossexual sobre os heterossexuais (Eles estão difundindo o homossexualismo enquanto agem para assemelhar a heterossexualidade uma patologia).  As comissões de “Direitos Humanos” são assessoradas por feministas doutrinadas para patrocinar os direitos dos homossexuais sobre os direitos dos religiosos.
Você notou que, apesar da recessão, ateus tem dinheiro para queimar? Eles podem permitir-se a colocar propagandas em ônibus questionando a existência de Deus.  Essa campanha que iniciou-se na Inglaterra chegou ao Canadá.

 
Novamente, essa campanha ateísta é somente um precedente para o culto cabalista que financia todos os "movimentos sociais" (como feminismo).  Abduzir o povo para ser agnóstico ou ateu é um passo rumo a finalmente entronizar o Anticristo.
Essa campanha é uma afronta aos 72% de canadenses que, de acordo com as pesquisas, acreditam em Deus.  Como eles escapam disso? O Congresso Canadense Judaico apresentou denúncia contra mim na comissão de direitos humanos por ter dito que o Judaísmo Farisaico torna seus seguidores "párias metafísicos."  Eu não fiz propaganda em ônibus!
É tempo que comecemos a apresentar esse ódio luciferiano contra Deus e Sua ordem natural e espiritual (moral) às Comissões de "Direitos Humanos".  Vamos expô-los para o que eles realmente são: instrumentos de engenharia social e discriminação globalista.

Para entender nosso mundo de "1984", nós devemos reconhecer que ele é controlado por um culto satânico, os cabalistas: famílias dinásticas pertencendo à finança Judaica e à aristocracia européia-americana unida pelo casamento, dinheiro e franco-maçonaria.  Tudo que ocorre, incluindo fusões financeiras, é desenhado para institucionalizar sua sinistra Nova Ordem Mundial.
 
 Fonte: www.midiasemmascara.org.com
Enhanced by Zemanta

Nenhum comentário:

As 4 fases do Projeto Blue Beam