sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

O Fim do Dinheiro

O Fim do Dinheiro

Por Philip Jones
Righteous Alliance


17 Para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome.
18 Aqui há sabedoria. “Aquele que tem entendimento calcule o número da besta; porque é o número de um homem, e o seu número é seiscentos e sessenta e seis.”
(Ap. 13:17,18)

Introdução

Enquanto nosso mundo estremece e cambaleia pelas ondas de choque da atual crise financeira, ainda há aqueles que ingenuamente acreditam que o que está ocorrendo agora é parte da "baixa do fluxo" cíclica na evolução dos mercados financeiros mundiais, a qual irá a tempo, começar a se recuperar mais uma vez, os bons tempos retornarão.

Eu tenho algumas más notícias para esses "otimistas"! Não haverá recuperação. O que está acontecendo agora é como David Icke tem escrito longamente, parte de uma grande estratégia para criar a Nova Ordem Mundial, um 'Estado Mundial' com um Governo Mundial, um Exército Mundial, um Banco Mundial, uma Moeda Mundial, uma Religião Mundial e uma população de escravos microchipados vastamente reduzida. O dinheiro como nós conhecemos em breve cessará de existir. Em seu lugar estará o 'Dinheiro Eletrônico', inicialmente utilizado via 'Cartão de Identidade Biométrico' agora sendo introduzido na Inglaterra e outros lugares, que por sua vez será substituído por 'Microchips Pessoais' repletos de tecnologia RFID.

Esse 'progresso' será vendido ao público na base de ser uma vantagem para todos. Nunca mais nossas crianças estarão vulneráveis a 'captura e abuso' porque sempre saberemos onde elas estão o tempo todo (assim como o Estado pelo resto de nossas vidas) e nosso 'dinheiro' não será 'roubável' (exceto pelo Estado)

É claro, alguém pode considerar o que aconteceria se nosso 'microchip' fosse desligado. Talvez porque não estamos obedecendo completamente a abundância de leis pessoais cada vez mais restritivas que certamente serão introduzidas a fim de ditar meticulosamente cada ação nossa, e até mesmo nossos pensamentos. Pondo de forma simples, diferente do momento atual, que quando seu cartão de crédito falha em 'funcionar' você pode ainda usar dinheiro, e quando não houver dinheiro e seu 'chip' estiver desligado, ou você rouba ou morre de fome!

O verso no topo acima dessa pagina do Livro das Revelações (Livro do Apocalipse) é realmente profético, e estamos nos movendo cada vez mais para perto do tempo que sem a 'marca', ou em nosso caso, o chip, seremos incapazes de sobreviver.

O Aspecto econômico e o objetivo dos Illuminati como afirmado no parágrafo dois é uma moeda mundial. A fim de efetuar isso, tem sido necessário degradar as moedas nacionais independentes. A introdução do Euro foi um ponto inicial em direção a isso, a atual desgraça econômica que está sendo sentida na Inglaterra é indubitavelmente intencionada para arrastar essa nação que uma vez já foi tão orgulhosa 'chutando e gritando' para dentro da 'moeda única'. Mas uma vez mais, o Euro nunca foi pretendido ser um fim em si mesmo. Somente um 'incremento' em direção a solução final do objetivo luciferiano dos Illuminati de dominação mundial, e seu sistema monetário mundial.

Mas antes que tal 'dominação' pudesse ser realizada, havia um grande 'bloco de tropeço'; O Dólar dos Estados Unidos, e pelos últimos trinta anos mais ou menos, esse símbolo orgulhoso e uma vez independente da 'terra da liberdade' tem estado sob um incansável e implacável ataque.

O Dólar dos Estados Unidos

O dólar morreu e ninguém compareceu ao funeral. Na realidade, poucos ainda compreenderam que o antigo gigante das finanças mundiais tinha falecido. Há, é claro, aqueles que ainda apegam-se desesperadamente a esperança de que haverá uma recuperação, e que a 'eterna nota verde' como uma fênix renascerá das cinzas, arremeterá novamente e tomará seu lugar de direito no trono de todas as moedas mundiais. Mas na verdade, as chances disso acontecer são de remotas a nenhuma.

O dólar está morto! Só os próprios assassinos sabem o momento exato que 'golpe' aconteceu. Muitos acreditam que a força vital do dólar começou primeiro a minguar por volta de janeiro de 1980, quando começou o clamor pelo ouro. Dentro de dias, especuladores, investidores, os 'Josés e Marias' comuns tinham 'elevado' o preço do ouro para surpreendentes US$875 a onça. Os boatos de que o uma vez todo poderoso dólar estava destinado para o 'extermínio' estava fora, e o mundo estava se voltando para a única commodity que tinha tradicionalmente segurança assegurada; O Ouro.

Os planejadores Illuminati tinham diminuído com sucesso o valor do dólar significativamente através do débito do Governo dos Estados Unidos e de leis conspiratórias. O segundo golpe veio em agosto de 1982, enquanto o FMI estava para começar sua reunião anual em Toronto. Naquele mês, México, Brasil e uma multidão de outras nações, profundamente endividadas com os Estados Unidos declararam-se incapazes de pagar. O México sozinho devia $64 bilhões. A soma total envolvida era perto de $94 bilhões.

Tornou-se aparente mesmo que o dólar estava vivendo um tempo 'emprestado'. Não pode haver muitos hoje que tenha um interesse mesmo que rudimentar nos assuntos mundiais que não compreenda que o dólar americano (juntamente com todas as outras moedas) é nada mais do que um pedaço de papel inútil. Mas esteja avisado, o 'Novo Dinheiro' valerá ainda menos.

O que tem acontecido durante os últimos doze meses mais ou menos não deveria ser um choque para ninguém. Em seu livro "Equilíbrio Delicado", John Zajac avisou, "O sistema financeiro do mundo livre está a beira de uma grande catástrofe. De fato, ele quase desmoronou no verão de 1983, e o Serviço de Impressão do Governo dos Estados Unidos estava pronto para imprimir o 'Novo Dinheiro' caso isso acontecesse."

Na realidade, o dólar como as outras principais moedas não é segurada por Ouro ou Prata, mas pela fé cega das pessoas, é isso que faz com que elas sejam aceitáveis para os negócios e o comércio. Como Zajac escreve:

"Tudo o que precisaria para desmoronar o sistema financeiro mundial é a compreensão de que papel moeda é somente papel. Apesar de tudo, ele não tem valor intrínseco, diferente de algo que pode ser usado, fabricado ou comido". A maior parte da riqueza nem mesmo está mais na forma de dinheiro; é representada por um pedaço de papel (cupom de depósito) que um banco dá a você simbolizando a riqueza que você deu a ele. Desde que o banco emprestou seu dinheiro a outra pessoa, ele não pode mais retornar para você. A pessoa que tomou seu 'dinheiro' emprestado do seu banco comprou alguma coisa, e a pessoa ou empresa que vendeu a ela pôs o dinheiro em algum outro banco e recebeu outro cupom de depósito. Esse banco imediatamente emprestou o dinheiro a outra pessoa. Hoje, cada nota de dólar é reclamada por pelo menos seis fontes: A pessoa que o depositou, o banco, a pessoa que vendeu alguma coisa a quem tomou emprestado do banco. “O banco da terceira pessoa, a pessoa que tomou emprestado do segundo banco, e a pessoa que vendeu bens e serviços a quem pediu emprestado do segundo banco.”

O Novo Dinheiro

Essa 'conspiração para subverter a América e criar um Único Império Mundial tem estado em funcionamento não por anos, mas milênios. A fim de alcançar seus objetivos malignos, os Illuminati não pouparam 'Nem pistola nem Dinheiro'. Eles já trouxeram nosso planeta a beira do abismo duas vezes, em 1914 e 1939 e eles estão preparados para fazer isso de novo se necessário. Eles são bem versados em criar problemas que exigem soluções. A solução deles. "Dê-me controle sobre o dinheiro de uma nação e não me importa quem faz as leis."

Não é preciso dizer que quem quer que controle o dinheiro controla o país, ou nesse caso, o Mundo. O senador Ron Paul disse: "Os Illuminati afirmam ser descendentes dos anjos caídos, que ensinaram a eles a "Antiga Sabedoria", também conhecida como Cabala, a qual eles têm preservado através dos séculos. Estes anjos caídos são referidos na Bíblia, no Livro de Gênesis, como os Nephilim, ou "Filhos de Deus", e é dito que desceram a terra e relacionaram-se com os seres humanos. As interpretações cristãs lutam com essa passagem, escolhendo traduzir o termo como "homens poderosos". Contudo, textos judeus apócrifos explicam que eles eram os demônios e suas legiões, que foram expulsos do paraíso, e tomaram esposas das mulheres descendentes de Caim. Eles produziram a raça conhecida como Anakim. Esses luciferianos estiveram relacionando-se cuidadosamente entre si, e tem incluído entre eles muitas das figuras de liderança da história. Elas começam com a família real da Pérsia, que relacionou-se com aquela de Alexandre o Grande. Combinando-se com aquela de Herodes o Grande, essas famílias foram responsáveis pela criação e disseminação das principais escolas de mistérios do império romano, os Mistérios de Mitra, o qual finalmente teve sucesso em cooptar o emergente movimento cristão, produzindo o Cristianismo Católico." Uma análise em profundidade de quem e o que os Illuminati é/são está além do escopo desse ensaio, mas quem desejar adquirir uma visão geral compreensiva deles, sua história, seus planos e quem são eles, eu altamente recomendo o excelente trabalho do Sr, Livingstone.
Muitos descartarão esse aspecto da dominação global como 'tolice e besteira' de teoria da conspiração, mas eu gostaria de sugerir que antes de saltar para tais conclusões, o leitor tomasse o tempo necessário para investigar as interconexões das linhagens sanguineas das 13 famílias acima declaradas e compreenda que aqueles envolvidos são muito sérios realmente acerca de suas linhagens e na crença de seus direitos de governar a nós, o povo. Para uma Crise Financeira Global: 'Soluções Globais' são necessárias:

Enquanto a atual manipulada, orquestrada e planejada crise financeira global piora, pessoas ao redor do mundo notarão que seu 'dinheiro' não cobrirá nem mesmo as mais limitadas necessidades. Essa é a parte do processo de 'amaciamento' que vagarosamente preparará as pessoas para o planejado 'golpe da marreta'. Esse é o propósito da muito exaltada crise monetária. Enquanto a vida se torna impossível e insustentável, as pessoas estarão ávidas para aceitar a planejada mudança apenas para ter algum alívio financeiro. Na realidade elas exigirão isso. William Raspberry, antigo editorialista do Washington Post, escreveu isso acerca da intenção de introduzir o ‘E - Money: ’

"Os benefícios da substituição do dinheiro serão incalculáveis. Não haverá dinheiro para contrabandear. A venda de drogas ilegais cessará desde que ninguém vai querer o registro de suas transações. A expansão da AIDS seria encurtada por causa do fim do abuso de drogas. O custo do governo cairia, bem como o custo dos negócios privados. Evasão de impostos, pagamento em dinheiro para evitar imposto de vendas, ou falha no registro de entrada de dinheiro acabaria. O débito nacional seria reduzido: itens roubados não poderiam ser vendidos sem deixar rastros. A segurança pessoal estaria assegurada. Velhinhas poderiam andar nos parques novamente."

Raspberry também mencionou, um tanto sinistramente, que qualquer transação criaria um registro que poderia então ser usado para investigações criminais, como cheques, contas bancárias e registros de cartões de crédito são usados atualmente. Sim, e muito, muito mais. Com um banco de dados completo respaldando esse novo 'E - Money/sistema de identidade pessoal, a vida se tornará crescentemente como as palavras da música do grupo de rock 'The Police: Cada respiração sua, cada movimento seu, cada afirmação que você sustenta, eu estarei observando você."

Essa 'Utopia' é o que os egoístas nomeados senhores do dinheiro famintos de poder imaginaram para a humanidade. Como mencionado acima, esse desenvolvimento dará aos 'Mestres Ocultos' incomensurável controle sobre a vida das pessoas, suas próprias existências, e os incentivos para ser um bom 'cidadão' serão acentuadamente aumentados. Ninguém vai querer seu Cartão de Identidade recusado, ou o Chip desligado. E quantos desses implorando para ser salvos de suas misérias econômicas aceitando o 'novo dinheiro' pararão e compreenderão que com essa introdução, seus novos senhores e mestres terão ganhado completo e total controle sobre suas vidas, exatamente como profetizado na Bíblia durante os 'Últimos Dias? '

Há muito tempo atrás, a Bíblia, profetizou de forma assustadora nossa situação mundial de hoje:

"Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos.
2 Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos,
3 Sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons,
4 Traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus,
5 Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te." (2a. Tm 3:1-5)

Usando a dialética hegeliana, ou que Icke tem chamado 'problema, reação, solução', os que seriam os mestres do mundo criaram as condições para o total colapso da infraestrutura financeira do planeta. Quando isso acontecer, em um futuro não muito distante, as massas assustadas gritarão para alguém 'fazer alguma coisa'. Essa alguma coisa será o ' novo dinheiro'.

Apesar de na realidade morto, a ilusão de que o dólar ainda está vivo, ainda que somente no nome, dá alguma esperança, ao menos a todos aqueles americanos cujas vidas estão investidas naquele pequeno pedaço de papel. Mas se aproxima o dia quando a 'verdade' aparecerá e milhões de vidas serão destruídas, não somente na América, mas na Europa, Japão, e ao redor do mundo. Enquanto aqueles que sobreviverem gritarão em dor por ajuda, o 'grande salvamento' será anunciado; O Novo Dinheiro. Sua Moeda Mundial Única, que será emitida para todos os povos do mundo, controlada com severidade pelos poucos 'Superbancos' remanescentes, e emitida 'Eletronicamente', ou na forma de Cartão de Identificação Pessoal, ou mais provavelmente como o microchip pessoal.

Ele Quem Controla o Dinheiro:

Mayer Amschel Rothschild, o fundador da dinastia Rothschild é citado como tendo dito:

"Se você controla o dinheiro, você realmente controla cada transação que existe nesse país."

Se você tem controle sobre o dinheiro, você pode fazer o que quiser com as pessoas. Desde o começo da civilização, reis, imperadores, papas, ditadores e uma seleção de 'líderes' Illuminati tentaram estabelecer controle sobre as vidas das pessoas controlando o dinheiro. Mas quem são e o que é os Illuminati? Como David Livingstone, o historiador e escritor canadense escreve em seu livro, "Terrorismo e os Illuminati:"

Basta dizer, há um núcleo de 13 famílias que traçam sua linhagem até próximo dos tempos bíblicos, e elas incluem as Cabeças Reais da Europa, Presidentes dos Estados Unidos (um grande número dos quais está inter-relacionado com as Casas Reais Europeias), lideranças industriais, magnatas da mídia, banqueiros e geralmente, a casta governante global. Eles são adoradores de Lúcifer, e operam através de um vasto conjunto de sociedades secretas e 'grupos de fachada'.

Emmanuel Swedenbourg, um místico sueco, escreveu em 1748:

Nosso mundo está sendo conduzido para uma depressão global muito pior do que qualquer coisa já experimentada anteriormente. Encarando um desastre financeiro, as pessoas ao redor do mundo, e particularmente nos 'países desenvolvidos', muito provavelmente decidirão que o 'novo dinheiro' é melhor do que nenhum dinheiro. Isso é exatamente o que os planejadores do esquema desejam. Esses manipuladores de populações não somente serão ajudados pela crise e o subsequente pânico, eles se beneficiarão financeiramente enquanto compram títulos em alta e ações com preços no fundo do poço e em dado momento, quando seus objetivos tiverem sido completados, eles criam um 'boom' artificial que levantará o valor das ações e quando a poeira baixar, uma parte ainda maior da riqueza do planeta estará em suas mãos.

Eles ainda justificarão, embora muito erroneamente, a mudança em direção ao sistema monetário eletrônico universal pela alegação fraudulenta que isso impedirá a lavagem de dinheiro e outras atividades criminais. E que quando o novo dinheiro estiver 'online' e todas as outras moedas forem declaradas sem valor, então as autoridades tributárias pertinentes serão capazes de investigar quem esteve escondendo dinheiro e usando-o para propósitos criminosos. Os criminosos serão desmascarados, eles alegarão.

Mas como sempre, a realidade será bastante diferente. Os criminosos internacionais têm a maior parte de seu dinheiro depositado nos 'megabancos' pertencentes aos Illuminati criadores da crise em primeiro lugar. Somente uma minúscula porcentagem de seus ganhos apodrecidos é mantida em dólares, euros e seus semelhantes. Como é invariavelmente o caso, os assim chamados 'Terroristas', Mafiosos e cartéis das drogas serão capazes de manter o produto de suas atividades criminosas porque no principal, eles ainda estarão trabalhando ou para, ou em colaboração com os banqueiros. Esses amigos de viagem escravos dos Illuminati receberão, é claro, aviso antecipado de qualquer quebra e estarão protegidos por causa desse conhecimento privilegiado.

Como sempre, serão os trabalhadores honestos, homens e mulheres, que sofrerão quando o 'roubo' tiver lugar.

É tudo para o melhor:

A grande 'troca do dinheiro' provavelmente será algo assim: Os governos de várias nações ao redor do mundo cancelarão toda moeda corrente em uso. Um anúncio será feito de que o dinheiro anteriormente em circulação está sem valor. Será requisitado que as pessoas tenham em mão todo o seu dinheiro de papel e cartões de crédito/débito e ou será emitido um ‘Smart Card’ eletrônico com um custo adequado (estabelecendo um débito neles desde o início) na forma de um Cartão de Identidade Biométrico. Ou, um 'Microchip RFID pessoal', no qual estará estocado qualquer pedaço de informação pessoal imaginável juntamente com acessibilidade remota e quem sabe, também capacidade de controle.

Com todo papel moeda tirado de circulação, e finalmente, uma vez que a iniciativa do 'smart card' seja mostrada não confiável, a prevista 'marca da besta' na humanidade, na forma do microchip RFID, do 'Livro do 'Apocalipse' estará justificada. É claro, tudo será vendido como sendo para o bem de todas as pessoas, e novamente, o fato de que um chip embutido é bem mais difícil de roubar do que dinheiro será provavelmente um dos pontos da venda. Mas quantos prontos para aceitar o novo dinheiro compreenderão as contra indicações?

Nota: Esse texto é interessante porque mostra uma linha de pensamento bastante coerente sobre a crise financeira e a implantação da ditadura da Nova Ordem Mundial e sua Moeda Única.

Mas também há informações que precisam ser mais bem investigadas. Muitos que vão ler este artigo certamente acharão certa dificuldade com a questão dos Nephilim, ou anjos caídos, e as 13 famílias que governam o mundo, mas há bastante informação sobre isso na internet.

As informações estão aí, usando de discernimento para aceitar ou rejeitar o que está escrito, estaremos em condições de avaliar a realidade com mais sabedoria.

Nenhum comentário:

As 4 fases do Projeto Blue Beam