quarta-feira, 17 de março de 2010

Bill Gates: Use vacinas para reduzir a população

PALO ALTO, CA - FEBRUARY 19:  In this handout ...Image by Getty Images via Daylife

Bill Gates: Use vacinas para reduzir a população

O chefe da Microsoft ecoa o apelo de John P. Holdren para um maciço programa de esterilização, quer o imposto de CO2.

Por: Paul Joseph Watson

Segunda-feira, 01/03/2010

O fundador da Microsoft Bill Gates disse em recente conferência TED (Tecnologia, Entretenimento, Desenho), uma organização que é patrocinada por um dos maiores poluidores de lixo tóxico do planeta, que as vacinas precisam ser usadas para reduzir os números da população mundial a fim de resolver o aquecimento global e diminuir as emissões de CO2.

Afirmando que a população global estava caminhando para 9 bilhões, Gates disse, "se a gente fizer um trabalho realmente grande com as novas vacinas, cuidados de saúde, serviços de saúde reprodutiva (aborto), nós poderemos diminuir isso talvez 10 ou 15 por cento."

Exatamente como uma melhoria nos cuidados de saúde e vacinas que supostamente salvam vidas levaria a uma diminuição da população global é um oximoro, a menos que Gates esteja se referindo a vacinas que esterilizam pessoas, que é exatamente o mesmo método advogado no livro Ecoscience do conselheiro de ciência da Casa Branca John P. Holdren, que pede um "regime planetário" ditatorial para aplicar medidas draconianas de redução da população através de todas as maneiras de técnicas opressivas, incluindo esterilização.

"Eu não estou certo o que a explicação nada-para-ver-aqui é para a teoria de Bill Gates de que "novas vacinas" podem ajudar a diminuir a população do mundo," ressalta o blog Cryptogon, "Mas eu pensei a respeito dos incidentes dos anos 90 onde a Organização Mundial de Saúde estava providenciando uma "vacina contra o tétano" para garotas e mulheres pobres (e apenas garotas pobres e mulheres) que continham gonadotrofina coriônica humana (hCG). Para aqueles que não querem se aprofundar nisso, em resumo, foi um experimento da Organização Mundial da Saúde; um teste de uma vacina contra gravidez."

Depois de apresentar uma equação que incluía o número de pessoas no planeta e emissões de CO2, Gates disse, "Provavelmente um desses números vai chegar bem perto de zero."

Mais tarde na apresentação, Gates menciona pegar uma vacina, "que é uma coisa que eu amo," que seria usada para diminuir as emissões globais de CO2.

Ele também advoga despejar mais dinheiro no esquema do aquecimento global por meio das Nações Unidas, bem como um "imposto de CO2" e cap and trade (comércio de carbono), enquanto deixava claro que o mundo desenvolvido teria de reduzir seus padrões de vida pelo corte de serviços essenciais que geram CO2.

Gates disse que uma redução de 20 por cento nas emissões de CO2 era necessária por volta de 2020, uma redução de 50 por cento por volta de 2050, e finalmente que teria de haver zero emissões globalmente, uma medida que reverteria completamente centenas de anos de progresso tecnológico e retornaria o homem para a era agrária, tudo em nome da prevenção de suposto aumento minúsculo de temperatura que foi provado estar baseado em modelos de dados fraudulentos a luz do escândalo do Climategate.

Uma das propostas de Gates para redução das emissões de CO2 é o uso de biocombustíveis, o que como ressalta um novo relatório, tem resultado em milhões de acres de florestas sendo destruídos, que no final das contas significa um aumento líquido em emissões de CO2 de biocombustíveis quando comparado aos combustíveis fósseis, sem mencionar a maciça devastação causada a vida selvagem.

Como temos documentado, uma redução de CO2 de 50 a 80 por cento, sem mencionar os 100 por cento, infligiria uma nova grande depressão nos Estados Unidos, reduzindo o PIB em 6.9 por cento - um número comparável com o desastre econômico de 1929 e 1930.

Adicionalmente, a "revolução pós-industrial" sendo proposta por Gates e sua classe levaria a maciças perdas de empregos.

A implantação dos assim chamados "empregos verdes" em outros países tem devastado economias e custado milhões de empregos. Como relatou o Seattle Times em junho passado, a incrível taxa de desemprego na Espanha de cerca de 18 por cento foi parcialmente devido a maciça perda de empregos como resultado de tentativas de substituir a indústria existente com parques eólicos e outras formas de energia alternativa.

Na assim chamada "economia verde", "Cada novo emprego obriga a perda de 2,2 outros empregos que ou são perdidos ou não criados em outras indústrias por causa da política de alocação - sub-ótima em termos de eficiência econômica - de capital," afirma o relato.

O fato de que Gates estaria tão aberto em seu apelo para usar vacinas para diminuir a população global (sem uma palavra sobre consideração dos direitos humanos), provavelmente tem muito a ver com a plateia assistindo a seu discurso.

A organização da TED admite que é elitista, "de um jeito bom," e cobra gritantes $6.000 dólares de taxa de associação que deve ser paga pelas convidados da conferência. A TED também cobra perto de $1.000 dólares apenas pela sua conferência ao vivo através da transmissão da web. Os patrocinadores da organização incluem a IBM e a chefe do complexo industrial militar a General Electric, que tem uma notória história de crimes ambientais, sendo ranqueada a quarta maior produtora corporativa de poluição do ar nos Estados Unidos, com mais de 4.4 milhões de libras por ano (2.000 toneladas) de produtos químicos liberados no ar. A GE é também a maior contribuinte para o problema do lixo tóxico, fazendo seu patrocínio de uma organização que afirma estar procurando soluções para problemas ambientais completamente hipócrita.

Fonte: www.prisonplanet.com






Reblog this post [with Zemanta]

Nenhum comentário:

Controle total do sistema : cientistas criam o chip-órgão que pode emular o corpo;

 “No futuro, você será um microchip – O “xeque-mate” contra a humanidade! By  Bruno Asher ,  www.apocalipsenews.com Setembro 14º, 201 7...