quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Nova Ordem Mundial - Violência









Jovem britânica 'filma tentativa de matar os pais'



A Justiça britânica deu início ao julgamento de uma menina que filmou uma suposta tentativa de matar os próprios pais, nas proximidades de Cambridge, na Inglaterra.

Segundo a acusação, a garota de 16 anos - que tinha 15 quando o incidente ocorreu, em fevereiro do ano passado - tentou asfixiar a mãe com um cordão enquanto ela estava no computador. A jovem planejava ainda matar o pai com uma tesoura quando ele tentasse ajudar a mãe.


Na terça-feira, o júri assistiu à fita em que a garota aparece em seu quarto, vestida com uma camisola de seda e descrevendo seus planos de assassinato.


Em seguida, o filme mostra a sala da casa da família e o momento em que a filha ataca a mãe com uma corda.


"Você está me estrangulando", diz a mãe para a filha. E depois para o pai: "Ela está me estrangulando".


Quando o pai aparece em cena, percebe-se um movimento brusco, e uma exclamação do homem: "Você tentou me esfaquear!"


A jovem, presa em março de 2007, nega as duas acusações de homicídio.


Inteligência


O incidente ocorreu após uma briga entre a garota e seus pais, disse aos jurados o advogado da acusação, John Farmer, que descreveu a ré como "muito inteligente".


Segundo ele, a adolescente usava sua melhor camisola de seda para cumprir um "jogo" que incluía matar os próprios pais e filmar o crime. "É um plano calculado com bastante sangue frio", afirmou o advogado de acusação.


Depois do incidente, a menina voltou para o quarto e gravou a si mesma lamentando o fracasso do plano.


"Estou desapontada que o plano fracassou. Eu deveria ter sido mais rápida. A tesoura não foi boa o suficiente. Uma faca teria funcionado", ela disse. "Terei de tentar de novo."


O julgamento continua.



Powered by Zoundry Raven

Nenhum comentário:

Fortalecer a Máquina do Governo Mundial: A Era da Política Espiritual Global

Forcing Change , Volume 9, Edição 5. Autor : Carl Teichrib. É impressionante o que o tempo revela. Meses atrás, tive a oportunid...