quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Cientistas Criticam Novo Relatório do IPCC/ONU Sobre Aquecimento Global


O relatório de aquecimento global das Nações Unidas veio sob o fogo, quando alguns cientistas argumentaram que os resultados foram politizadas.

O Painel Intergovernamental da ONU sobre Mudança Climática (IPCC) divulgou sem alarde o seu relatório integral sobre a situação do aquecimento global na semana passada, e os cientistas estão atacando o estudo por apresentar informação enganosa e por encobrir a ciência que estaria em conflito com a narrativa dominante: de que o aquecimento global é causado pelo homem e vai exigir reduções drásticas nas emissões de gases de efeito estufa.

O relatório do IPCC afirma que existe "95 por cento" de certeza sobre esses dois tópicos. Os cientistas críticos do relatório apontam que esse suposto aumento da certeza vem depois de um hiato de 15 anos no aquecimento global.

A revista alemã Der Spiegel relata: "Como a ciência pode ter certeza sobre o impacto do homem, quando ao longo dos últimos 15 anos os impactos naturais surpreendentemente pararam o aquecimento do ar" perguntou a climatologista Judith Curry do Instituto de Tecnologia da Georgia, presidente da Climate Forecast Applications Network.

Os cientistas tiveram dificuldade em explicar a falta de aquecimento significativo nos últimos 15 anos, com alguns argumentando que os oceanos têm absorvido a maior parte do dióxido de carbono emitido pela indústria humana. O relatório da ONU disse que foi um período muito curto de tempo para fazer qualquer juízo sobre isso.

"Uma velha regra diz que as tendências climáticas relevantes não devem ser calculadas para períodos de menos de cerca de 30 anos", disse o Dr. Thomas Stocker , da Universidade de Bern, e co-presidente do grupo de trabalho do IPCC que escreveu o relatório.

No entanto, a Der Spiegel destaca que o relatório da ONU, basicamente, ignora a falta de aquecimento , e de fato, o resumo do relatório dado aos decisores políticos mundiais não menciona a palavra "hiato".

"No resumo do relatório do IPCC , a palavra pausa, cientificamente 'hiato' , não é mencionada de forma alguma", de acordo com a publicação de notícias alemã. O resumo do relatório também não mencionou dúvidas sobre a conexão entre o aquecimento global e condições meteorológicas extremas, um ponto favorito dos políticos que buscam aumentar a conscientização sobre o problema.

Der Spiegel também observa que apenas 3 dos 114 modelos climáticos poderiam realmente reproduzir o lapso de 15 anos no aquecimento. Este fato foi totalmente omitido do que a ONU informou aos  formuladores de políticas e ao público.

"Este ponto deveria ter sido mais claramente enfatizado porque ressalta que os déficits importantes dos modelos climáticos ainda não são compreendidos", disse Eduardo Zorita , do Centro Helmholtz para Pesquisa Costeira.

O relatório climático do IPCC foi alvo de inúmeras pressões, inclusive pressões políticas para que os autores omitissem ou minimizassem o hiato de 15 anos no aquecimento para a administração Obama e os governos europeus.

"A Alemanha pediu para que a referência para a desaceleração fosse excluída, dizendo que um intervalo de tempo de 10-15 anos seria enganoso no contexto das mudanças climáticas, que é medido ao longo de décadas e séculos", informou a Associated Press. "Os EUA também pediu para que os autores incluissem a "hipótese principal" de que a redução do aquecimento está ligada a mais calor sendo transferido para o fundo do oceano."

Os governos estão preocupados que os "céticos climáticos" poderiam jogar com estes esses dados para descarrilar as negociações internacionais sobre o clima em 2015.

Veja ainda a discussão no Fórum Anti-NOM.

Fontes:
- Day Caller: Report: Top scientists call into question UN’s global warming study
- Der Spiegel: Widersprüchliche Prognosen: Forscher entdecken Unstimmigkeiten im Uno-Klimabericht
Fox News: Climategate II: leaked emails show struggle to deal with warming lull
Fonte: www.anovaordemmundial.com
Enhanced by Zemanta

Nenhum comentário:

Fortalecer a Máquina do Governo Mundial: A Era da Política Espiritual Global

Forcing Change , Volume 9, Edição 5. Autor : Carl Teichrib. É impressionante o que o tempo revela. Meses atrás, tive a oportunid...