terça-feira, 22 de junho de 2010

Computador de Minority Report vira realidade

Computador de Minority Report vira realidade



Criado pelo consultor do filme, ambiente operacional espacial permite interação em 3D

Com a ajuda de luvas com sensores, Underfolker manipulou imagens
usando o pulso, a palma da mão e até os dedos.

Um pesquisador e professor do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts) revelou um sistema parecido ao do filme Minority Report - A Nova Lei.

O “ambiente operacional espacial” permite ao usuário se mover em 3D dentro do espaço que é projetado em enormes telas na frente dele usando luvas com sensores.

Em vez de clicar com o mouse e de digitar no teclado, o usuário pode se mover dentro e em volta da tarefa que estiver fazendo em três dimensões e em tempo real, o que proporciona uma maior flexibilidade do que o computador tradicional, revelou o jornal inglês Daily Mail.

O sistema foi criado por John Underfolker, um dos consultores científicos do filme Minority Report, que continuou sua pesquisa depois que o filme de 2002 de Steven Spielberg foi lançado.

Ele disse que depois da invenção do Macintosh, que “mudou fundamentalmente” como as pessoas viam o computador, os sistemas operacionais mudaram muito pouco.

Underfolker, que é professor do MIT, disse que qualquer nova tecnologia deveria ser oferecida para o público e não apenas para empresas.

- A tecnologia é capaz de expressar e ser impregnada de uma certa generosidade e precisamos exigir isso

Embora o software e os programas da web tenham melhorado muito de lá para cá, a forma de interagir com um Mac ou com um PC ainda é a mesma.

Em uma apresentação de cair o queixo, segundo o jornal DailyMail, em uma conferência organizada pelo TED (Tecnologia para Entretenimento e Design), Underfolker mostrou como o computador pode ser atualizado para o século 21.

Usando suas luvas, o pesquisador manipulou uma série de imagens em um tempo muito menor do que levaria em um computador tradicional.

Ele conseguiu mudar a forma como as imagens apareciam apenas com uma leve mexida no pulso, deixava-as planas para escolher a que quisesse ao mover a palma da mão ou conseguia voar em volta delas ao girar os dedos. A configuração intuitiva também lhe permitiu alcançar e selecionar imagens em 3D com facilidade.

Em sua demonstração, Underfolker também separou o esquema de parte de uma máquina e manipulou dados de logística em um mapa-múndi que foi projetado nas telas na frente dele. O dispositivo também permite a colaboração na tela, em dois colegas trabalharam na mesma imagem ao mesmo tempo que ele.

Nenhum comentário:

Fortalecer a Máquina do Governo Mundial: A Era da Política Espiritual Global

Forcing Change , Volume 9, Edição 5. Autor : Carl Teichrib. É impressionante o que o tempo revela. Meses atrás, tive a oportunid...