quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

O que seu celular está dizendo aos hackers, ladrões e ao governo

American Civil Liberties UnionImage via WikipediaO que seu celular está dizendo aos hackers, ladrões e ao governo.

Eu investiguei como seu telefone celular pode ser secretamente sequestrado e usado contra você, por hackers, ladrões, agentes da lei e até nosso governo.

Imagine alguém observando cada movimento seu, ouvindo tudo que você diz e sabendo onde você está a cada momento. Se você tem um celular, isso está acontecendo com você todo dia, até mesmo enquanto você lê essas palavras.

Telefones inteligentes fazem muitas coisas hoje em dia: surfam na internet, enviam e-mail, tiram fotos e fazem vídeos e recebem chamadas. Mas uma coisa que eles podem fazer que as companhias não dizem a você é, como seu celular confiável espiona você. Enquanto você carrega seu telefone, esse dispositivo útil mantém um registro de onde você vai, incluindo um registro que o governo pode assim conseguir de sua companhia telefônica a qualquer momento que assim desejar.

Isso fornece aos criminosos informações de onde você está, quanto tempo você será capaz de chegar em casa e quanto tempo eles têm para arrombar sua casa. Isso dá aos hackers pistas para usar no furto de identidade, fraude bancária, sequestro de contas e outros golpes. Por preocupantes que estas atividades criminosas possam parecer, elas empalidecem em âmbito e magnitude no prejuízo que os potenciais ataques que os agentes de aplicação da lei e o governo podem causar a você como pessoa.  

Não muito tempo depois do escândalo de escutas telefônicas sem mandado da administração Bush apenas há alguns anos atrás, um outro caso de espionagem federal teve lugar e não recebeu atenção pública, porque o estúpido Bush desviou toda a atenção dos olhos do público. Quer essa distração tenha sido orquestrada ou não, o ministério público federal estivera procurando o que parecia gravações extraordinariamente sensíveis: dados internos de companhias de telecomunicações que mostravam as localizações de telefones celulares de seus clientes, às vezes em tempo real, às vezes depois do fato.

Estas questões estão agora no centro de um confronto constitucional entre o departamento de justiça do presidente Obama e os defensores dos direitos civis alarmados pelo que eles veem como a incansável intrusão do governo nas vidas privadas dos cidadãos. Há inúmeras outras frentes na guerra da privacidade; como o conteúdo dos e-mails, por exemplo, e o acesso a registros bancários e transações de cartão de crédito. Os federais podem agora calmamente, discretamente conseguir toda essa informação com um aceno de chapéu.

Mas o rastreamento de telefone celular está entre as formas mais preocupantes de vigilância do governo, invocando imagens como do Big Brother da KGB secretamente seguindo seus movimentos através de pequenos dispositivos em seu bolso.

Quantos dos proprietários dos 277 milhões de celulares do país sabem que companhias como a AT&T, Verizon and Sprint podem rastrear seus aparelhos em tempo real, todo o tempo? A maioria não tem nem ideia. O rastreamento é possível porque ou os celulares têm minúsculas unidades de GPS dentro ou cada chamada de celular é roteada através de torres que podem ser usadas para obter a localização do telefone em áreas tão pequenas como um quarteirão da cidade. Essa capacidade de rastrear cada vez com mais precisão as localizações dos telefones celulares tem sido estimuladas por uma regra da Comissão Federal de Comunicações planejada para ajudar a polícia e outros funcionários da emergência durante as chamadas do 911. Mas o FBI e outras unidades de aplicação da lei têm obtido mais e mais registros de localizações de telefones celulares - sem notificar os alvos ou obter mandados judiciais estabelecendo "causa provável", de acordo com os funcionários de aplicação da lei, registros de tribunais e executivos de telecomunicações.

Há pouca dúvida de que tais registros podem ser uma poderosa arma para a aplicação da lei. Promotores dizem que precisam destes registros para rastrear os movimentos de suspeitos de tráfico de drogas, traficantes de seres humanos e até funcionários públicos corruptos.   

Jack Killorin, que dirige uma força tarefa federal em Atlanta que combate o tráfico de droga, diz que os registros de telefone celular têm ajudado seus agentes a entender muitos casos, como o assassinato brutal do delegado do condado de Dekalb: os agentes pegaram os registros do telefone celular dos principais suspeitos - e depois mostraram que todos estavam dentro da área de uma milha do assassinato quando ele ocorreu, ele disse. No outono de 2008, Killorin diz, seus agentes foram capazes de seguir um caminhão do cartel mexicano de drogas carregando 2.200 Kg de cocaína pela observação em tempo real quando o celular do motorista "apertava as mãos" de cada torre de telefonia celular pela qual ele passava na autoestrada. "É uma tremenda ferramenta investigativa," diz Killorin. E não é incomum: "Isso é uma coisa rotineira para nós."

Contudo muitos magistrados federais, cujo trabalho é assinar os mandados de busca e administrar outros deveres cotidianos do tribunal, estavam realmente assustados com os pedidos. Alguns em Nova York, Pennsylvania e Texas empacaram. Os promotores "estavam usando os telefones celulares como um dispositivo de rastreamento sub-reptício," disse Stephen W. Smith, um magistrado federal de Houston. "E eu comecei a perguntar ao escritório do procurador dos Estados Unidos, 'Qual é a autoridade para isso? Qual é o padrão legal para conseguir essas informações? '" 

A lei é obscura sobre quão fácil deveria ser para o governo colocar as mãos em seus dados de localização, que podem revelar se você está indo a igreja, comparecendo uma passeata do Tea Party, passando a noite na casa da namorada ou visitando um centro de tratamento de câncer. Uma corte federal apelação regulamentou na semana passada que em alguns casos o governo pode precisar um mandado de busca. E embora isso seja um passo a frente, não é bom o suficiente. A regra deveria ser que o governo sempre precise um mandado para acessar seus registros de celular e obter dados sobre onde você esteve.

Quando você carrega um telefone celular, ele está constantemente enviando sinais sobre onde você está. Ele "emite sinais" para torres de telefone celular nas proximidades a cada sete segundos de modo que ele possa estar preparado para fazer e receber chamadas. Quando ele sinaliza, o telefone também está dizendo a companhia que possui as torres onde você está naquele momento; dados que a companhia então armazena indefinidamente. Há também um segundo tipo de dados de localização que as companhias de telefones celulares têm graças a um chip GPS que é embutido na maior parte dos celulares agora. Esse é ainda mais preciso; diferente das torres, que podem apenas apontar uma área geral onde você pode estar, o GPS pode muitas vezes revelar exatamente onde você está em um determinado momento dentro de uma questão de metros.

Apontando sua localização em nome dos serviços de emergência 

Em nome do melhoramento dos serviços de emergência, a Comissão Federal de Comunicações requisitará as companhias telefônicas para encontrar padrões em 2012 de quão estreitamente elas podem apontar a localização do autor da chamada. "Cerca de 90% dos americanos estão andando por aí com um dispositivo de rastreamento o tempo todo, e eles não têm ideia," diz Christopher Calabrese, um advogado do escritório de Washington da American Civil Liberties Union.

Não surpreendentemente, os agentes de aplicação da lei têm achado este tipo de dados extremamente útil. Promotores estão cada vez mais usando registros de telefones celulares para mostrar que um suspeito estava perto de uma cena de crime, ou não, onde ele afirmava estar.

A posição do governo federal é de que ele deveria ser capaz de conseguir a maioria desses dados se ele decidir que é relevante para uma investigação, sem necessidade de um mandado de busca. Se o governo precisa de um mandado, ele teria de mostrar ao juiz evidências que havia uma causa provável para acreditar que o usuário do telefone celular cometeu um crime - um nível importante de proteção. Sem esse requerimento, o governo pode conseguir os dados de localização a qualquer hora que quiser.

Não é difícil imaginar que o governo poderia também um dia usar dados de telefone celular para sufocar a dissidência. Gravações de telefone celular poderiam dizer a eles quem compareceu a uma passeata antigoverno. Poderia também dizer a eles quem vai para o quartel general do partido da oposição ou na casa de alguém sobre quem eles têm dúvidas. Os dados de telefone celular podem ser a mais eficiente forma já inventada para um governo espionar o seu povo - uma vez que as pessoas estão plantando os dispositivos em si mesmas e ainda pagando as contas mensais. A KGB nunca teve nada como isso.

O governo americano já parece estar varrendo um monte de dados de pessoas completamente inocentes. A ACLU (Associação das liberdades civis) recentemente contou ao Congresso de um caso no qual, enquanto procurava por dados de um suspeito, o FBI aparentemente usou uma abordagem de arrastão e recolheu dados sobre outras 180 pessoas. O FBI disse que se acontece de recolher dados sobre pessoas inocentes no curso de condução de uma investigação, mantém essa informação por uma duração de 20 anos.

Na semana passada, a corte de apelação dos Estados Unidos baseada na Philadelphia para o terceiro circuito recuou. Um magistrado federal, em uma boa e forte decisão, regulamentou que o governo deve sempre conseguir um mandado se quiser dados de telefone celular. A corte de apelações retrocedeu um pouco, regulamentando que os juízes têm o poder de requerer que o governo obtenha um mandado, dependendo dos fatos de um caso particular.

A batalha pelo rastreamento do telefone celular é semelhante com um que está agora acontecendo nos tribunais sobre dispositivos de GPS, especificamente se o governo precisa de um mandado para colocar um dispositivo de GPS no carro de alguém. O rastreamento de celulares tem consequências muito maiores, no entanto, porque há um limite de quantos dispositivos de GPS a polícia vai colocar em carros. Nove de cada dez de nós tem telefones celulares que farão rastreamento para o governo.

A Casa dos Representantes tem realizado audiências sobre essa questão e outras relacionadas, e uma audiência no senado na próxima semana é provável que considere ainda mais detalhadamente. É hora para o Congresso agir. Ele deveria emendar a Lei de Privacidade das Comunicações Eletrônicas (apresentada tão bem no filme campeão de bilheterias Inimigo do Estado, estrelando Will Smith, Gene Hackman e Jon Voigt lá nos anos 1990) para deixar claro que essa informação de nossos telefones celulares sobre onde estamos e onde estivemos é profundamente privada e que sem um mandado de busca, o governo não pode tê-la. Em teoria!

Mas não esqueça que isso é os Estados Unidos da América. Enquanto não há melhor lugar na terra para se viver, você não nunca está mais livre do que "Eles" permitem que você acredite que está em qualquer dado momento. Tudo o que você tem que fazer é viver sua vida, criar sua família e criar alguma forma de felicidade.

Você pode tentar afetar a mudança que é importante para você no curto período em que está aqui. Isso certamente vale a pena (e é patriótico) ser desconfiado do governo, mas eu recuso a viver sob o polegar ou o olho vigilante do meu governo. O primeiro passo em fazê-los compreender que eles trabalham para nós é recusar a jogar o jogo ou deixá-los ditar as regras em primeiro lugar.

O Google é um excelente exemplo do por que você tem muito mais a temer das corporações da América do que jamais temeu o governo. Isso é dizer muito. As corporações são muito mais livres para abusar e prejudicar você do que o governo. Um dia vai chegar onde cada coisa "questionável" que você já fez na internet ou comprou com um cartão de crédito/débito será disponibilizado por uma taxa. A princípio será usado para exames pré-empregos e para expor inimigos políticos, eventualmente será oferecido a todos por uma pequena taxa.

Para mais ideias de como se tornar um ativista, verifique meu blog ActionActivist.com e download Como Coordenar uma Campanha por Mudança (How to Coordinate a Campaign for Change), um dos muitos ebooks grátis disponíveis na Assetebooks.com, depois junte-se a luta de uma forma proativa, para provocar a mudança tão necessária.

Dicas de como se proteger da espionagem pelo celular

Mantenha-se atento ao seu celular para que outros nunca tenham uma oportunidade de baixar informações como software espião quando você não estiver olhando. É importante instalar uma senha de segurança em seu telefone para impedir que qualquer outra pessoa o use.

E enquanto alguns comerciantes de Spyware afirmam que seus produtos podem ser usados em qualquer marca e modelo de telefone celular, telefones avançados que incluem acesso a internet e capacidade online são particularmente vulneráveis a instalação de Spyware. Para limitar a habilidade de outros para baixar certos tipos de spyware em seu telefone, escolha um telefone celular que não seja acessível pela internet.

Remover a bateria de seu celular quando não está sendo usado e, para chamadas telefônicas sensíveis, sugiro fazê-las em celular recém comprado que venha com plano de serviço pré-pago mês a mês.

Baseado em minha investigação, aqui estão alguns sutis, mas óbvios, sinais que podem sugerir que seu telefone celular está sendo grampeado secretamente:

* A bateria do celular está quente mesmo quando seu telefone não foi usado
* O telefone celular acende em horas inesperadas, incluindo ocasiões quando o telefone não está em uso
* Beep ou click inesperado durante a conversa telefônica

Você mesmo poderia estar fazendo espionagem de celular

É fácil para qualquer um, mesmo alguém sem habilidades técnicas, fazer alguma espionagem hoje em dia. É tão fácil quanto baixar software grátis de rastreamento e aplicativos de espionagem. Durante o curso de minha investigação eu descobri diversas opções, incluindo alguns downloads grátis que vou listar aqui para você experimentar:

FlexiSpy - software espião que colocado em um celular envia cópias de SMS. Permite ler secretamente registros de chamadas do Androide (felixspy.com).
Buddyway.com - sistema de rastreamento grátis de GPS e localizador de telefone móvel.
Secret online poker spy software 01:02 (metacafe.com)

Postado por Tom Retterbush

Fonte: www.conspiracywatch.net                        

Enhanced by Zemanta

Nenhum comentário:

Fortalecer a Máquina do Governo Mundial: A Era da Política Espiritual Global

Forcing Change , Volume 9, Edição 5. Autor : Carl Teichrib. É impressionante o que o tempo revela. Meses atrás, tive a oportunid...