segunda-feira, 26 de outubro de 2009

O Presidente Barack Obama declara emergência nacional por causa da gripe suina; Mas por quê?

Big Brother 1 (U.S.Image via Wikipedia

O Presidente Obama declara emergência nacional por causa da pandemia de gripe suina; Mas por quê?

Por Mike Adams, o guarda da saúde, editor da NatruralNews


(NaturalNews) - de acordo com o CDC, as infecções pela gripe suina já atingiram o pico, e a pandemia já estava acabando. O momento de pico da infecção foi em meados de outubro, onde uma em cada cinco crianças nos Estados Unidos experimentou a gripe, diz o CDC. Fora os quase 14.000 casos de gripe testados durante a semana terminada em 10 de outubro de 2009, 99,6% daqueles estavam com a gripe A, e na vasta maioria desses foram confirmadas infecções com a gripe suina H1N1. (http://www.cdc.gov/flu/weekly)

Ainda que a pandemia H1N1 pareça ter atingido o pico, o Presidente dos Estados Unidos Barack Obama declarou agora emergência nacional por causa das infecções da gripe suina. O raciocínio por trás de tal declaração? De acordo com a Casa Branca, é que foi planejada para "permitir aos hospitais cuidar melhor do aumento de pacientes" permitindo que eles contornem certas leis federais.

Os poderes de emergência superam a Carta de Direitos

Esta é a explicação pública para isso, mas a verdadeira agenda por trás dessa declaração pode ser bem mais sinistra. A Declaração de emergência nacional dá
imediatamente as autoridades federais perigosos novos poderes que podem agora ser reforçados com o cano de uma arma, incluindo:

* O poder de forçar vacinações obrigatórias contra a gripe suina sobre a população.

* O poder de prender, por em quarentena ou "involuntariamente transportar" qualquer um que recusar a vacina da gripe suina.

* O poder de por em quarentena uma cidade inteira e interromper todo movimento de entrada ou saída desta cidade.

* O poder de entrar em qualquer casa ou escritório sem mandado de busca e ordenar a destruição de qualquer pertence ou qualquer estrutura considerada como uma ameaça a saúde pública.

* A efetiva anulação da Carta de Direitos. Seu direito de um processo adequado, de estar a salvo de busca e captura pelo governo, e de permanecer em silêncio para evitar auto-incriminação estão todos nulos e vazios sob a declaração presidencial de uma emergência nacional.

Nada disso significa que os agentes federais vão marchar de porta em porta prendendo as pessoas de arma em punho se elas recusarem a vacina, mas eles poderiam se quisessem. Seus direitos como americanos não são mais reconhecidos sob esta declaração de emergência nacional.

Mas qual emergência?

A declaração desta emergência nacional parece suspeita desde o inicio. Onde está a emergência? O número de pessoas mortas pela gripe suina nos Estados Unidos é bem menor do que o número de pessoas mortas cada ano pela gripe sazonal, de acordo com as estatísticas do CDC. Obviamente as pessoas não estão caindo mortas aos milhões de gripe H1N1. A maioria das pessoas está pegando sintomas leves de gripe e poucos dias depois estão bem.

Então onde está a emergência?

A única emergência que posso ver é a emergência fabricada pela Big Pharma para vender mais vacinas. Declarando uma emergência nacional sobre a pandemia do H1N1, Obama está jogando direto nas mãos deles.

Eu acho o tempo de tudo isso curioso. Dois dias atrás, Nova York desistiu de seus esforços de requerer vacinação obrigatória de trabalhadores da saúde. Isso foi planejado para neutralizar um grande número de protestos planejados pela liberdade de consciência do pessoal da saúde que não querem produtos químicos impostos pelo governo bombeados em suas veias.

Os protestos planejados para Nova York teriam atiçado ainda mais a resistência entre os trabalhadores da saúde pelo país, e tivesse sido permitido que continuassem, teria resultado em um enorme movimento reacionário através do país contra as vacinas da gripe suina. Retirando o mandato da vacina e pondo a culpa na falta de vacinas (http://www.naturalnews.com/0273313_N...), e então tendo Obama declarado uma emergência nacional, nossos líderes estaduais e nacionais detiveram os protestos e puseram no lugar um mandado Big Brother pró-vacina que pode ser reforçado com o cano de uma arma.

A Big Pharma deve estar agradecida por tudo isso. Com esses poderes emergenciais no lugar, tudo que é necessário para forçar a vacinação sobre toda a população é um grande suprimento de vacinas - e isso está chegando em novembro.

Sobre o autor: Mike Adams é um pesquisador de saúde natural e autor com a missão de ensinar saúde pessoal e planetária para o público.

Fonte: NaturalNews.com

Tradução e adaptação: O Observador









Reblog this post [with Zemanta]

Nenhum comentário:

TECNICAS DE CONTROLE MENTAL