sábado, 16 de janeiro de 2010

Projeto de Lei da Igualdade no Reino Unido

{{pt|1=Cruzeiro com quase mil anos que nos rem...Image via Wikipedia

O Projeto de Lei da Igualdade: Poderá uma nova lei em essência declarar ilegal o cristianismo evangélico e o catolicismo romano no Reino Unido?
Postado em 21/12/2009

Esse título chamou sua atenção? Pois deveria. Uma nova lei está perigosamente perto de se tornar lei no Reino Unido o que essencialmente declararia ilegal o cristianismo evangélico e o catolicismo romano. Não que o projeto de "lei da igualdade" especificamente designe estas fés como ilegais na própria legislação. Antes, o projeto de lei torna ilegais as crenças e práticas específicas que são fundamentais tanto para o cristianismo evangélico como para o catolicismo romano. De fato, os especialistas estão dizendo que o "projeto de lei da igualdade" criaria uma erupção vulcânica de litígios nas cortes do Reino Unido e forçaria em última instância aqueles que desejarem continuar a praticar qualquer coisa que pareça mesmo de longe com o cristianismo tradicional a ir para a clandestinidade.

Então o que é mesmo o projeto de lei da igualdade?

O projeto de lei da igualdade supostamente objetiva consolidar todas as leis anti-discriminação existentes em uma única estrutura legal. Contudo, ele realmente vai muito além do que qualquer lei "anti-discriminação" no Reino Unido já tenha ido antes.

Na superfície, esta legislação parece uma boa ideia. Afinal de contas, quem quer discriminação contra pessoas idosas ou pessoas de outras raças? Você pode ler um resumo desta legislação, ela contém realmente umas poucas boas propostas.

Mas também um ataque rancoroso ao cristianismo tradicional.

O The Telegraph cita um funcionário de alto nível do "Ministério da Igualdade" como tendo dito o seguinte quando foi perguntado se o Projeto de Lei da Igualdade levaria a ações legais entre igrejas e ateus...

"Ambos precisam estar alinhados (seus advogados)." ele disse. "Os secularistas deveriam ter o direito de desafiar a igreja."

Secularistas deveriam ter o direito de desafiar as crenças e práticas da igreja?

O que diabos ele quer dizer?

Então exatamente o que significaria o Projeto de Lei da Igualdade para as igrejas do Reino Unido?

Cristãos evangélicos e católicos romanos deveriam ficar de olhos bem abertos não somente para ações judiciais, mas também para multas ilimitadas do governo e até processo criminal se...

*Eles forem descobertos com discriminação contra homossexuais ou transexuais em qualquer área de ocupação - incluindo a contratação de pastores e padres.

*Eles forem descobertos com discriminação contra homossexuais ou transexuais em qualquer pregação ou ensino.

*Eles forem descobertos com discriminação contra contratação de homens e mulheres casados como padres como os católicos romanos têm feito por séculos.

*Eles forem descobertos insistindo que pastores ou padres permaneçam celibatários (como no caso dos católicos) ou somente tenham sexo dentro do casamento (como no caso dos evangélicos).

*Eles forem descobertos tentando impedir que qualquer um de seus clérigos entre parcerias civis de mesmo sexo.

*Eles forem descobertos estar tentando impedir seus pastores ou padres de fazer operações de mudança de sexo, vivendo abertamente em estilos de vida promíscuos ou se engajando em qualquer outra forma de expressão sexual.

Assim, essencialmente, se o Projeto de Lei da Igualdade for totalmente implantado, nenhuma organização religiosa do Reino Unido será capaz de pregar ou ensinar contra a imoralidade sexual, será capaz de discriminar a imoralidade sexual quando contratar clérigos ou será capaz de tomar posição moral formal contra a imoralidade sexual em qualquer modalidade que seja.

Alguns analistas estão até afirmando que se o Projeto de Lei da Igualdade for adotado, todas as contratações para posições na igreja que não gastar pelo menos 51 por cento do tempo dirigindo o culto e pregando seria objeto de regulamentações que proibiria discriminação contra aquelas de outras religiões. Assim, por exemplo, uma igreja batista seria forçada a considerar um candidato islâmico para a posição no ministério de jovens, mas isso também funciona para outras funções não educativas na maior parte das vezes.

Basicamente o Projeto de Lei da Igualdade seria um pesadelo total tanto para os cristãos evangélicos como para os católicos romanos no Reino Unido. O fato da lei está escrita em termos tão vagos abriria as comportas para todos os tipos de infindáveis litígios. Se o Projeto de Lei da Igualdade se tornar lei, a pregação livre e a livre expressão nas igrejas do Reino Unido seriam profundamente esfriadas enquanto os líderes da igreja lutariam contra as infindáveis ameaças de ações legais, multas e processos criminais.

Os dias quando as igrejas no Reino Unido podiam pregar abertamente contra o pecado sexual estariam no fim.

Os dias quando as igrejas no Reino Unido podiam tomar qualquer decisão sobre o comportamento sexual de seus clérigos estariam acabados.

Os dias quando as igrejas no Reino Unido poderiam abertamente comentar o que a bíblia diz sobre "certo" e "errado" estariam acabados.

Dessa forma isso significaria essencialmente o fim do cristianismo evangélico legal e do catolicismo romano legal no Reino Unido.

Isso parece bastante dramático, mas essa é a verdade da questão.

De fato, a Baronesa O'Cathain, legisladora do Tory (partido conservador) e uma cristã evangélica, disse na semana passada que o Projeto de Lei da Igualdade é o "projeto de Lei individual mais ameaçador a vir ante a Assembleia em meus 18 anos como membro".

Você está começando a captar a ideia?

Estamos vivendo nos últimos dias, e a verdade é que a perseguição aos cristãos está explodindo no mundo todo. Os cristãos nas nações ocidentais sempre pensaram que isso era algo que acontecia "lá", mas agora a perseguição aos cristãos está se movendo adiante com uma velocidade ofuscante em lugares como o Reino Unido.

Finalmente, não haverá escapatória da perseguição. Se você planeja ser cristão nos últimos dias você enfrentará perseguição enquanto estiver nesta terra.

É melhor você está pronto para ela.

Se você é um cristão e ainda não está sendo perseguido, em breve você estará.

Fonte: http://signsofthelastdays.com/archives/the-equality-bill-will-a-new-law-essentially-outlaw-evangelical-christianity-and-roman-catholicism-in-the-u-k

Nota: E já vemos projetos semelhantes a estes sendo propostos também no Brasil. A lei anti-homofobia é um deles. O Projeto de Lei 122/06, se aprovado nos termos em que está levará a perseguição das igrejas e dos cristãos, uma vez que trata as crenças evangélicas contra a prática homossexual como crime de homofobia e estabelece a obrigatoriedade de aceitação pelas igrejas de pastores homossexuais.

Mais cedo ou mais tarde, dada a pressão de grupos homossexuais e da imposição de políticas de igualdade e não discriminação, estas leis serão implantadas. A perseguição será inevitável, uma vez que nenhum cristão verdadeiro trocará as verdades eternas das sagradas escrituras pelas filosofias passageiras dos homens.



Reblog this post [with Zemanta]

Um comentário:

Luiz L. Marins disse...

No meu entendimento, as Leis do Estado não podem e não devem ditar regras dentro dos estatutos e liturgias religiosas.

Perseguir um sacerdote por motivos religiosos, por exemplo, não realizar um casamento homossexual, também é crime contra a liberdade de pensamento e expressão religiosa.

A Lei da Homofobia visa apenas garantir direitos civis e constitucionais.

Os fundamentos religiosos que regem uma religião não podem ser geridos pela Lei do Estado, nem seus religiosos perseguidos por estas leis.

O contrário também é verdadeiro, pois não podem os religiosos cometer crimes civis e penais, usando de discriminação, agressão e ofensas.

TECNICAS DE CONTROLE MENTAL