quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Para ONU, Brasil está no caminho dos Objetivos do Milênio

Relatório independente de peritos da Organização das Nações Unidas (ONU) indica que apenas 13 de 75 países avaliados estão no bom caminho para atingir os Objetivos do Milênio. O Brasil está na relação, assim como Bangladesh, China, Egito, Guatemala, Libéria, Madagascar, Marrocos, Nepal, Peru, Tadjiquistão e Vietnã.

O trabalho elogia ainda os esforços e os progressos obtidos por países como Afeganistão, Angola, Burundi, Camboja, Congo, Iraque, Coréia, Libéria, Madagascar, Suazilândia e Zâmbia. No entanto, segundo o relatório, há países que estão se afastando¿ das metas, como Azerbaijão, Botsuana, Burkina Faso, Haiti e Lesoto.

Os pesquisadores alertam para o fato de que a maioria dos países com elevadas taxas de mortalidade infantil e materna deverá falhar no cumprimento dos Objetivos do Milênio no que se refere à saúde de mães e filhos até 2015. O estudo também chama a atenção para a tendência de países, que sofrem os efeitos da crise econômica internacional, não conseguirem fazer as doações que se comprometeram.

De acordo com o relatório, se concretizadas, as duas tendências vão resultar em consequências devastadoras. O grupo analisou 75 países nos quais são registradas 98% das mortes maternas, neonatais e infantis no mundo.

Apesar de reconhecer uma grande evolução nos indicadores, principalmente a queda da quantidade de crianças mortas com menos de 5 anos, o grupo adverte que ainda há muitas preocupações.

Entre as Metas do Milênio estão a erradicação da pobreza extrema e da fome, ampliação da educação básica, promoção da igualdade entre os sexos e a capacidade da mulher, redução da mortalidade infantil, melhorias da saúde materna e o combate à aids, além da malária e garantias de sustentabilidade ambiental.

Fonte: Portal Terra.

metas do milênio

“A governança global pode ser definida como a soma de todas as maneiras pelas quais todos os indivíduos e instituições, públicas ou particulares, administram seus interesses. É um processo contínuo pelo qual interesses conflitantes ou divergentes podem ser solucionados e assim adotar uma ação cooperativa. A governança global envolve tanto organizações não-governamentais, como as governamentais, movimentos de cidadania, corporações multinacionais e o mercado global de capital. Interagindo com todos eles encontram-se os meios de comunicação globais.”Farhang Sefidvash

Em 2000, as "8 Metas do Milênio" foram aprovadas por 191 países da ONU, em Nova Iorque, na maior reunião de dirigentes mundiais de todos os tempos. Estiverem presentes 124 Chefes de Estado e de Governo. Os países, inclusive o Brasil, se comprometeram a cumprir os 8 objetivos, que seguem abaixo, até 2015.

1. Acabar com a fome e a miséria· Reduzir pela metade, entre 1990 e 2015, a proporção da população com renda inferior a um dólar PPC por dia.· Reduzir pela metade, entre 1990 e 2015, a proporção da população que sofre de fome.

2. Educação básica e de qualidade para todos Garantir que, até 2015, todas as crianças, de ambos os sexos, terminem um ciclo completo de ensino básico.

3. Igualdade entre sexos e valorização da mulher Eliminar a disparidade entre os sexos no ensino primário e secundário, se possível até 2005, e em todos os níveis de ensino, a mais tardar até 2015.4

4. Reduzir a mortalidade infantil· Reduzir em dois terços, entre 1990 e 2015, a mortalidade de crianças menores de 5 anos.

5. Melhorar a saúde das gestantes· Reduzir em três quartos, entre 1990 e 2015, a taxa de mortalidade materna.

6. Combater a aids, a malária e outras doenças Até 2015, ter detido a propagação do HIV/Aids e começado a inverter a tendência atual.· Até 2015, ter detido a incidência da malária e de outras doenças importantes e começado a inverter a tendência atual.

7. Qualidade de vida e respeito ao meio ambiente Integrar os princípios do desenvolvimento sustentável nas políticas e programas nacionais e reverter a perda de recursos ambientais.· Reduzir pela metade, até 2015, a proporção da população sem acesso permanente e sustentável a água potável segura.· Até 2020, ter alcançado uma melhora significativa nas vidas de pelo menos 100 milhões de habitantes de bairros degradados.

8. Todo mundo trabalhando pelo desenvolvimento

-Avançar no desenvolvimento de um sistema comercial e financeiro aberto, baseado em regras, previsível e não discriminatório.

-Atender as necessidades especiais dos países menos desenvolvidos.

-Atender às necessidades especiais dos países sem acesso ao mar e dos pequenos Estados insulares em desenvolvimento.

-Tratar globalmente o problema da dívida dos países em desenvolvimento, mediante medidas nacionais e internacionais de modo a tornar a sua dívida sustentável a longo prazo.

-Em cooperação com os países em desenvolvimento, formular e executar estratégias que permitam que os jovens obtenham um trabalho digno e produtivo.

-Em cooperação com as empresas farmacêuticas, proporcionar o acesso a medicamentos essenciais a preços acessíveis, nos países em vias de desenvolvimento; em cooperação com o setor privado, tornar acessíveis os benefícios das novas tecnologias, em especial das tecnologias de informação e de comunicações.

A etapa 8 chamada diz: “Todo mundo trabalhando pela Nova Ordem Mundial” está cada dia mais próxima de ser concretizada. Todos os governantes e lideres religiosos devem fazer parte da grande assembléia mundial. Até mesmo muitas igrejas, a pedido do ,Secretário da ONU , já começam a trocar a Bíblia pela agenda 21 em seus cultos esse método é chamado de diaprax. O primeiro parágrafo da etapa 8 também já fala abertamente da nova ordem econômica (a marca da besta).

Ora, quando estas coisas começarem a acontecer, olhai para cima e levantai as vossas cabeças, porque a vossa redenção está próxima. (Lucas 21 : 28)


http://www.pnud.org.br/odm/index.php?lay=odmi&id=odmi

Fonte: http://apocalipsetotal.blogspot.com.br

Enhanced by Zemanta

Nenhum comentário:

TECNICAS DE CONTROLE MENTAL